24 de fevereiro de 2011

Díficil Conquista - Hanna Howell


Título Original: Wild Conquest
Autor: Hannah Howell
Coleção: Clássicos Históricos Especial 444
Editora: Nova Cultural
Personagens: Tearlach O'Duine e Pleasance Dunstan
Um romance inesperado...
Pleasance Dunstan está acostumada a suportar em silêncio as crueldades de sua família, mas nada a preparou para a maior de todas as indignidades: ser vendida como serviçal a um brutamontes como Tearlach O'Duine. Os modos selvagens do homem são conhecidos na cidade inteira, e é óbvio que ele olha para Pleasance com intenções que vão bem além de um patrão para com uma criada. Ele a quer em sua cama!
Pleasance poderia escapar desse terrível destino com uma única palavra, mas seu orgulho a impede de protestar. Em vez disso, ela segue seu novo senhor até a região indômita onde ele vive, e acaba descobrindo um mundo totalmente desconhecido para ela: o mundo do desejo e da sedução! Embora Tearlach a mantenha cativa, ele é o único homem que poderá libertar seu coração apaixonado e convencê-la de que nada poderá separá-los...

        Sou uma fã inveterada da Hanna Howell mas nesse livro me decepcionei horrores com ela. Poxa ela não criou uma mulher e sim um capacho nessa estória!! A Pleasance não tem vontade própria do começo ao fim do livro. Ele faz tudo pensando nos outros primeiro deixa de namorar o escocês-cabeça-dura por que a irmã mimada e fútil desembesta a querer ele também, a tonta então para o bem da humanidade dá um fora legal nele e saí com o rabinho entre as pernas. Mais adiante ela é presa quando é acusada de roubo, sendo que a tonta tava fazendo um favor pra irmãzinha dela. A família então resolve dar as costas de vez pra ela e deixar que ela apodreça na cadeia.
        Quando ela pensa que não tem mais esperança de nada o mocinho resolve "comprar" os serviços dela, e a leva pra casa dele. Lá ele resolve que só cozinha,lava e passar não é o suficiente, resolve então, que ela tem que esquentar a cama dele também. E ela alguma vez recalamou de alguma coisa??! N-Ã-Ã-Ã-O-O-O.
Bom. passei o livro inteiro me debatendo na minha grande dúvida cruel em quem que eu batia primeiro se no escocês-cabeça-dura ou na mocinha-capachona.


Bjinhos....

4 comentários:

  1. Aff!!Sou bem suspeita para falar qualquer coisa sobre um romance de Hannah Howell, pois sou super apaixonada por seus trabalhos... mas vim agui para retribuir minha vistinha... e lhe convidar para conhecer meus outros blogs...

    www.darkromances.blogspot.com

    www.cacadoradeseries.blogspot.com

    www.leitorascompulsivasblog.blogspot.com

    www.romancistanaessencia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Jéssicca...

    Sou suspeita pra falar de HH, porque amoooooo de paixão, concordo em alguns pontos com vc, mas amoooooooo os finais quando eles se regeneram.

    bjos
    MARA

    ResponderExcluir
  3. @Raíssa obrigada pela visita e já estou seguindo os seus outros blogs.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Tenho que concoradar com vc @Mara, tmbm adoro os finais que os ogros se regeneram kkk.

    Bjos

    ResponderExcluir