26 de novembro de 2011

Para Amar e Cuidar - Diana Palmer


Título Original: To Love and Cherish
Autor: Diana Palmer
Situação: Não publicado no Brasil



Combustão Espontânea
Shelby Kane não estava disposta a deixar o irmão mandão do amigo expulsá-la do rancho de sua família de novo! Kingston Brannt manteve um estreito controle sobre seus desejos vulcânicos, mas deixou bem claro que ele se ressentia da sua doce presença o distraindo — e a paixão ardente que ela despertava nele. Embora rudemente bonito, impossivelmente teimoso esse cowboy lutou contra sua atração abrasadora em cada passo e, de algum modo, a sua criação por caminhos tempestuosos o tornou ainda mais irresistível para uma deslumbrada Shelby. Agora, o insensível solteirão do Texas estava prestes a aprender, com a mulher que a muito ele desprezou, uma grande e poderosa lição no amor!

         King é um rico rancheiro irmão do melhor amigo de Shelby. Por ela ser filha de uma atriz famosa e vulgar ele não à vê com bons olhos, afinal acha que ela é igual a mãe, fútil e que adora manter diversos casos.  Claro que ele está muito longe da verdade. Shelby é uma mulher de 21 anos muito ingênua que pelas atitudes da mãe não admite relacionamentos casuais e trabalha como modelo para se sustentar por que não quer depender da mãe. O relacionamento entre Shelby e King sempre foi conturbado, para ela ele a odiava, até uma noite em que ele não resiste e a beija e a convida para sua cama. Shelby fica muito assustada e foge, prometendo nunca mais voltar ao rancho Brannt. Ela consegue manter essa decisão até seu amigo Danny, irmão de King, lhe pedir que finja ser sua noiva em uma visita à sua família. Ele jura que King não estará presente e que ela o estará "salvando" de uma moça que o quer para marido. Ela aceita, mas quando chega ao rancho percebe que o maior inimigo dela estava lá. E aí que começa uma grande batalha entre os dois.
         Esse livro é muito bom, eu gostei muito dele. King é um verdadeiro mocinho da DP, completamente machão e dono da verdade. Já a Shelby é uma mocinha bem submissa que não demonstra muita personalidade. O que eu mais gosto nos livros da Diana Palmer é que os mocinhos por mais salafrários que sejam no final eles sempre conseguem se redimir de uma forma que agente nem se lembra que eles foram uns cachorros no ínicio do livro. Claro, com o King não poderia ser diferente, mas eu achei que pelo o que ele fez a Shelby perdoou rapidamente e nem se preocupou em perguntar da amante que ele apresentou para ela. Uma coisa bem incomum por que as mocinhas dela sempre são super-mega-ultra possessivas. Mas retirando esse pequeno detalhe eu recomendo a leitura. Apesar desse livro não ser da Série Homens do Texas, no livro do Dane Lassiter e da Tess, quando o Dane leva ela para conhecer a fazenda dele o King junto com Cole Everett aparece, pois eles são vizinhos.

0 comentários:

Postar um comentário