13 de dezembro de 2012

O paraíso em teus braços - Cindy Gerard


Título Original: The Bridal Arrangement
Autor: Cindy Gerard
Coleção: Sabrina 1236
Editora: Harlequin/Nova Cultural
Páginas: 122

Sinopse: Lee savage foi para Montana reivindicar o que lhe pertencia: O rancho Shiloh e uma noiva virgem. Lee vira Ellie nascer, e a promessa que fizera ao pai dela os uniria para sempre.
 O sentimento de Ellie por Lee brilhava em seus olhos inocentes, mas, para Lee, casamento não significava amor. E, enquanto Ellie estava curiosa e ansiosa para conhecer os mistérios da paixão, Lee relutava em admitir que correspondia aos anseios da esposa. A inquietação que afligia Lee, as emoções que o dominavam e atormentavam seriam apenas senso de dever... ou poderiam significar... Amor?

   Will e Clare formavam um lindo e perfeito casal e eram completamente felizes, exceto pelo fato de que eles não podiam ter filhos. Eles eram muito ricos, possuíam um rancho e a coisa que mais queriam era ter alguém para quem deixar suas heranças. Um dia encontram Lee, um menino de rua e decidem adotá-lo.
   Lee fazia o tipo mal educado, grosseiro e desconfiado. Mesmo assim o casal não desistiu e decidiram ensiná-lo todos os ofícios para se trabalhar no rancho, para que, no futuro ele pudesse tomar conta sozinho.
   Quando Lee já estava com 14 anos ele presenciou um milagre. Clare havia engravidado e tivera uma linda menina, à qual chamaram de Ellie. Nada mudou em sua vida após o parto, até o dia em que Clare morre, quando Ellie tinha apenas 3 anos. Lee decide então, se mudar e vai trabalhar no Texas.
   Ellie cresce e vira uma linda mulher, porém na sua infância descobre que tem epilepsia, uma doença que a faz perder o controle do tempo, da memória e até mesmo das próprias recordações. Ela nunca conseguira ter uma vida longe do rancho, pois ninguém na cidade entendia seu problema e olhavam torto para ela, o que só agravava a doença. Tudo piora, quando ao completar 19 anos, seu pai morre.
   No Texas, Lee vivia tranquilamente sua vida, quando recebe uma ligação dizendo que Will estava morrendo e queria vê-lo urgentemente. Lee nunca imaginara o que Will queria, ele pedira a ele que saísse do Texas, se mudasse para o rancho e se casasse com Ellie, isso mesmo, ele teria que se casar com Ellie, a menina que ele vira nascer.
   Como poderia fazer isso? Ela tinha só 19 anos e ele já tinha 33? Como Ellie reagiria a isso?
   Por outro lado Ellie, ainda virgem, adorara a ideia, sempre fora apaixonada por Lee e queria que ele a dominasse e que a tratasse como sua princesa. Sua única preocupação era que Lee ainda não sabia de toda a verdade sobre sua doença e ela não saberia como ele reagiria.
   Lee não poderia de maneira nenhuma recusar o pedido de Will, afinal foi ele que mudou sua vida, tirando ele das ruas e dando uma oportunidade única. Sendo assim ele teve que deixar sua vida no Texas, seus amigos e até mesmo outra mulher.
  E agora? Como seria a vida deles após esse casamento? Será que ele aprenderia a ama-la? Será que viveriam felizes no rancho? Perguntas que só o tempo pode responder.

   Ahh nada como terminar um livro e ficar satisfeito não é mesmo? Nada melhor do que se surpreender com uma linda história. Esse livro me surpreendeu e muito. No início achei que era apenas mais um romance de banca e que não teria nada de interessante. Pois tem. O modo como a autora trata o romance dos dois e como ela trata a doença de Ellie deixam o livro muito bom. Fica bem visível o lado dela de enfrentar a doença, em não aguentar mais ser tratada como coitadinha e ser palco de pessoas curiosas. Já ele não sabe como tratar dela, pois não sabe o que realmente é Epilepsia. O modo como o romance dos dois aumenta a cada página e o modo que ele cuida dela, tentando proteger de todo o mal deixa tudo fácil de ler. Só não entendi a sinopse escrita atrás do livro, tipo, não tem nada a ver com a história e resume de modo diferente os personagens. Bom tirando isso vale a pena ler esse livro, até mesmo porque muitas pessoas vão terminar em poucas horas, devido ele ter apenas 122 páginas. Essa linda história mostra que o amor pode vencer qualquer dificuldade e que devemos valorizar quando as pessoas nos tratam bem e reconhecer quando a pessoa que te ama só quer te defender de todo e qualquer mal, e claro retribuir todo o carinho e afeição que lhe é dado.



0 comentários:

Postar um comentário