5 de dezembro de 2013

Aprendendo a Seduzir - Patricia Cabot


Título original: Educating Caroline
Autor: Patricia Cabot
Edição: 1° Edição
Lançamento: 2010
Editora: Planeta do Brasil
Páginas: 368
Durante um baile, Lady Caroline Linford abre a porta de um dos cômodos e flagra seu noivo, o marquês de Winchilsea, nos braços de outra mulher.
Para a sociedade vitoriana do século XIX, tais escapulidas masculinas eram normais, e cancelar o casamento seria impensável. O jeito, decide a jovem, é aprender a ser, ao mesmo tempo, a esposa e a amante, para que o marquês nunca mais tenha de procurar outra mulher fora do lar. Por isso, resolve tomar lições - teóricas, claro - sobre a arte do amor com o melhor dos professores: Braden Granville, o mais notório libertino de Londres.
Logo nas primeiras aulas começam a voar faíscas e as barreiras entre professor e aluna caem.

Escrito por Meg Cabot, sob seu pseudônimo, esse romance vai mostrar que o amor escolhe seus próprios caminhos, sempre imprevisíveis.
Para quem, assim como eu, é acostumado a ler romances de banca já deve ter se deparado com livros que tenham o tema "mocinha-inocente-pede-lições-para-mocinho-libertino". Esse mote é muito comum em romances históricos. pode se dizer que é o légitimo clichê.

Aqui Patricia Cabot, utiliza esse mesmo tema para formar sua história. Mas apesar de, como disse, ser um clichê a autora com seus diálogos espirituosos e uma trama envolvente consegue envolver o leitor de tal forma que o mantêm "preso" até a última página.

Lady Caroline, é noiva do marquês de Winchilsea e em um baile ao qual ambos estão presentes, ela encontra seu noivo nos braços da amante. Após esse incidente, ela decide tomar lições de como fazer com que o marquês se apaixone por ela e assim não precisar procurar outras mulheres. Mas ela precisa de um "tutor" nas artes de fazer amor, alguém que seja experiente e que não vá se negar a ajudá-la, mas a única pessoa que se encaixa neste perfil, é Brandon Granville.

Brandon é um novo rico, por vir de uma classe bem mais inferior do que os "lords", não é bem visto nas altas rodas. E se o fato de sua fortuna não ser herdada, e sim adquirida com muito suor, não fosse motivo suficiente para ser visto com maus olhos, ele ainda é um dos libertinos mais conhecidos, sendo apelidado de Lothario de Londres.  Um homem sem escrupulos na hora de seduzir mulheres, sejam elas casadas, solteiras ou até mesmo debutantes.

Mas mesmo ele não é capaz de ver com bons olhos o plano de Lady Caroline. Afinal um libertino como ele e uma jovem lady inexperiente querendo lições de como fazer amor, é a receita certa para o desastre... ou para uma grande paixão.

Posso dizer sem sombras de dúvida, que esse é um dos romances históricos mais fofo e perfeito que já li. E olha que desse gênero já li muitos livros. Patricia Cabot conseguiu transformar um enredo que tinha tudo para ser apenas mais um livro, em O LIVRO. Engraçado, sexy na medida certa e com protagonistas com personalidade Aprendendo a Seduzir se tornou, brincando, um dos meus livros favoritos. Leitura mais que recomendada.

0 comentários:

Postar um comentário