13 de fevereiro de 2014

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson


Título: O Diário De Suzana Para Nicolas
Título Original: Suzanne’s Diary for Nicholas
Autor: James Patterson
Ano: 2011
Páginas: 224
Editora: Arqueiro
Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”. Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas. Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida. O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou.

Katie sempre se viu como uma pessoa "normal", um pouco alta de mais, magra de mais e sem nenhum atrativo que uma "femme fatale" deve possuir. Por isso é uma grande surpresa quando ela conhece o poeta Matt Harrison e ele se mostra interessado nela. 

Matt é o cara perfeito, lindo, romântico  e um tanto quanto misterioso, ele nunca fala sobre o seu passado e apesar de os dois já estarem juntos a quase um ano, Katie ainda não sabe absolutamente nada da sua vida, a não ser claro, que ele é um poeta e que se inspira em seu cotidiano para fazer seus poemas.

Para Katie o relacionamento dos dois está bem perto de ser perfeito, mas em uma noite, que para ela era mais que especial, Matt termina tudo o que há entre os dois e sem nenhuma explicação vai embora, deixando Katie a ver navios e com um coração quebrado.

Após alguns dias desse incidente, Katie recebe um pacote de Matt onde ele, em um bilhete, diz que todos os segredos que ele nunca contou para ela estão ali e que assim ela poderá entender melhor por que o relacionamento dos dois não poderia continuar. Dentro desse pacote encontra-se um diário, O Díario de Suzana para Nicolas, e é a partir desse diário onde pelos olhos de uma outra mulher Katie poderá enfim conhecer o homem que foi a pior e a melhor coisa em sua vida.

A narrativa do livro se divide entre Katie e Suzana que narra através de seu diário. A narrativa é de fácil compreensão mas ao mesmo tempo é "pesada" por ser muito, mas muito emocionante. Apesar um leitor mais atento já saber ao início do livro quem é Suzana e Nicolas, e qual é ou foi a importância dessas duas pessoas na vida de Matt, isso não diminui em nada a carga emocional que James Petterson coloca em suas palavras. 

O livro poderia ser apenas mais um livro com uma história triste, mas a forma com que o autor foi escrevendo e envolvendo o leitor, me fez ao final do livro ficar com a sensação de que Katie e Suzana fossem minhas amigas de infância. Em vários pontos do livro chorei, sorri e acima de tudo me emocionei. Em muitas partes senti raiva de tudo o que estava acontecendo mas percebia então que essas partes eram de suma importância para o enredo da história.

Não tenho palavras para dizer o quão perfeito é esse livro, tenho certeza que pode se passar muitos anos mas a história dela vai ficar gravada em minha cabeça. Esse é um daqueles livros que é impossível não se apaixonar, se emocionar e querer reler sempre que possível. Acho que até aqui ficou bem óbvio que a minha cotação não poderia ser nada menos do que cinco estrelas perfeitas. <3


0 comentários:

Postar um comentário