30 de outubro de 2014

Ivy: Ensina-me a Sentir - S. Quinn


Título original: The Ivy Lessons
Autor: S. Quinn
Edição: 01
Ano: 2014
Editora: Fundamento - Selo Himmel
Páginas: 312
Adicione: Skoob
Uma aluna talentosa. Um professor com um passado sombrio. Luz e Escuridão atraídos por um romance proibido. Sophia Rose mal pode acreditar na sorte que teve ao conseguir uma bolsa de estudos no curso de Teatro Criativo do conceituado Ivy College. O proprietário da instituição é, ninguém mais ninguém menos, que o sexy ator Marc Blackwell. Marc também é um dos professores do Ivy College. Rígido e extremamente disciplinado, é conhecido por levar seus alunos ao limite. Dono de uma reputação duvidosa e temperamento frio, Marc sempre está no comando seja no trabalho ou entre quatro paredes. Mas, quando ele conhece Soph, seu autocontrole começa a escorregar por suas mãos... lentamente... Soph jamais imaginara que poderia ter tanto poder. E, embriagada pelo mundo tentador que Marc lhe oferece, deixa-se levar pelas experiências sexuais mais fantásticas de sua vida, envolvendo punições e recompensas que ela se vê desejando cada vez mais. Mas, como Marc é professor de Soph, a reputação do Ivy College e o futuro profissional dela estão ameaçados. O amor deles sobreviveria a esse escândalo? Soph estaria disposta a arriscar tudo o que conquistou por uma relação conturbada com Marc? E o enigmático Marc Blackwell seria capaz de abrir mão de seu precioso controle para dar à Sophia o que ela tanto deseja?

Ensina-me a Sentir é o primeiro livro da série Devoted, da autora S. Quinn. Aqui nós somos apresentados a Sophia Rose, uma garota que vive com o pai e a madrasta sendo a faz-tudo da família, ela nos dá a impressão de ser a Cinderela do século XXI, aquela garota que sabe que está sendo usada mas que não se importa. O maior sonho de Sophi é ser atriz, ela mal pode acreditar quando ela recebe uma bolsa para estudar Teatro Criativo na renomada escola Ivy College, para ela isso é um sonho tornando-se realidade. Chegando lá ela depara-se com o seu professor, que é ninguém mais ninguém menos que o conceituado ator Marc Blackwell.

Marc é um ator muito conhecido e também muito sexy, fato que não passa despercebido a suas alunas. A atração que surge entre Marc e Sophia é algo proibido, afinal a instituição não permite esse tipo de relacionamento entre alunos e professores. Mas contra todo o bom senso, eles acabam se envolvendo. Marc sabe que Sophia é uma garota ingênua e que não está preparada para entrar em seu mundo sombrio, mas o que surge entre eles é algo muito forte e impossível de resisitir.

Ensina-me a Sentir segue a mesma linha dos romances eróticos que temos visto ultimamente, a garota que apesar de não ser tão garota assim ainda é ingenua e boa demais e, um homem que tem seus traumas no passado e odeia perder o controle. Com esse mote poderiamos listar diversos livros que muitos de vocês tem em suas estantes. Mas apesar de o enredo ser um tanto quanto batido a autora conseguiu inovar na parte de colocar uma história, mesmo que irreal, por trás das atitudes dos personagens e também conseguiu criar um enredo que não tenha apenas o sexo pelo sexo. Apesar de ser comparado a 50 Tons de Cinza, a questão BDSM, pelo menos nesse primeiro livro, não é tão explorada como na série do sr. Grey. 

Algo que me incomodou um pouco foi a ingenuidade demasiada da Sophia, a autora não criou uma mulher e sim um capacho, ela faz todas as vontades do pai e da madrasta, sem falar que em todo o livro eu não vi ela ficar de mal com ninguém, acho que S. Quinn criou uma santa, só pode! Já o Marc é um personagem que não inovou, achei ele muito parecido com outros parsonagens masculinos de romances eróticos.  Mas fora isso a história é boa, sem falar que a edição da Fundamento está LINDAAA! Recomendo a leitura para quem gosta de romances eróticos e fãs de romances.



Cotação:

17 comentários:

  1. Gostei bastante da dica, gosto de livros assim
    Mas é ruim quando a personagem principal não é uma mulher de atitude

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu só fui me dar conta esses dias desse selo da Fundamento, rsrs. Mas não curto livros desse tipo, então nem me interessei por essa obra.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Flor! Tudo bom?
    Quando você escreveu, madrasta e uma faz-tudo pensei justamente na pobre da Cinderela e dei risada quando você disse isso também. Gostei da reviravolta na vida dela, essa oportunidade, finalmente estar longe desse abuso, ir para outro ambiente e ainda com um professor tão tentador quanto um pote de Nutella. Gostei de saber que mesmo tratando-se de um assunto que anda "comum" a autora conseguiu inovar, mesmo tendo criado uma personagem tão inocente, espero que no próximo livro tenha o tão espero crescimento dela e que surpreenda todos os leitores!

    Beijinhos,
    Percepções Blog | Grupo: Mais um livro, Por favor!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Jéssica! Apesar de eu está lendo o último livro da trilogia 50 tons de cinza, não gosto muito de livros eróticos! Então não leria esse livro... Ótima resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Jessica!
    Caramba, menina, eu tbm odeio Santinhas de mais! Ta na hora de criar personagens mais fortes! e reais!
    Acaba que todo livro fica sempre na mesmice de tema e personagens!
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
  6. Fiquei curiosa pra ler, parece ser legal.. Mas isso da mocinha ser um completo capacho deve ser um saco -'
    Beeijos
    http://masenstale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Hum...leria o livro pela capacidade da autora em criar um enredo fora do sexo (odeio livros eróticos que é somente sexo e sexo e nada de outra coisa...enjoa) E ao mesmo tempo não leria por causa dessa mulher ai capacho. Fala sério...odeio mulher bestinhas seja em qualquer livro.
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Espero ansiosamente por um livro onde o professor seja uma professora, e a aluna um aluno. Por que não vejo nenhum assim? *-* Todas as personagens femininas que se metem num relacionamento com um cara mais velho são tão ingênuas e bobas que chega a irritar *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo Dryh. Gosto desse tipo de livros, mas nunca o caso é o inverso. Por que? Mas ainda espero uma história onde a mulher é rica, uma CEO, e o homem é simples e tímido.

      beijos gurias!
      http://mundo-restrito.blogspot.com.br

      Excluir
  9. Oiii =DD
    Aiiin as santinhas em livros eróticos são difíceis de aguentar né??
    Poxa se gosta fala logo veei e girl power \O/
    AHUAHUHUHU
    EU gosto de leitura erótica então em breve vou procurar esse livro pra dar uma olhada =DD
    Parece ser legal!
    Bjoos
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Jessica,
    Tudo? Então gosto de livros assim, mas confesso que já estou ficando um pouco saturada dessa formula que parece não mudar. Além dessas personagens santinhas demais me darem nos nervos, então infelizmente acho que dessa vez deixarei passar a dica. Tem um post especial lá no blog hoje se puder dar uma olhada e comentar.
    Beijos
    Raquel machado
    Escritora Vingança Mortal
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/2014/11/sessao-de-autografos-do-vinganca-mortal.html

    ResponderExcluir
  11. Oiii Jéssica. Eu não curto erótico, então pra mim não rola mesmo. E na verdade, também já estou cansada da menina sonsa e do homem malvado. hehehheheh. Mas fico feliz que a autora inovou no modo de escrita e que apesar de tudo foi uma boa leitura =D
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Logo o começo já me lembrou algo estilo Cinderela mesmo, mas esse lance de ingenuidade ao extremo me da nos nervos, parece muito forçado e acabada estragando a história, além de eu não engolir muito a relação de aluno com professor, mesmo logicamente ela não sendo tão nova assim ;s

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oie =)

    Sinceramente este livro não me chamou a atenção. Acho que estes livros eróticos realmente estão vindo todos com a mesma fórmula: mocinha ingenua e/ou bobinha + cara misterioso e todo poderoso. Para mim não dá! Eu não leio mais nada do gênero, justamente por ser tudo mais do mesmo. E uma protagonista como capacho, eu ia ficar muito revoltada. Odeio estas protagonistas com sangue de barata, meu sangue ferve kkkk.

    Ótima resenha =)

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
  14. Desconhecia esse livro, flor, e adorei a sua resenha – o que não é novidade (rs). Infelizmente, estou um pouco cansada de romances eróticos nos quais a personalidade da protagonista é "sem-sal". Falta aquele brio que nos deixa encantados. Talvez por isso uma das minhas séries favoritas seja Night Huntress. A Cat é tempestiva, ousada, abusada, teimosa e até mal-humorada, mas ao mesmo tempo ela é leal, corajosa e honesta.

    Beijos, linda!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Por favor onde posso baixar esse livro em PDF?

    ResponderExcluir
  16. Por favor onde posso baixar esse livro em PDF?

    ResponderExcluir