13 de outubro de 2014

Outlander: A Viajante do Tempo - Diana Galbadon


Título original: Outlander
Autor: Diana Galbadon
Edição: 02
Ano: 2014
Editora: SdE Brasil
Páginas: 800
Adicione: Skoob
Claire, a protagonista de A viajante do tempo é uma mulher de personalidade forte, lutando para se manter num mundo de homens violentos, que busca seu verdadeiro amor enquanto participa de importantes acontecimentos da história. Claire Beauchamp Randall foi separada de seu marido Frank pouco depois da lua-de-mel, quando ele foi convocado para lutar na Segunda Guerra Mundial. Ao final do conflito, Claire e Frank se reencontram e retomam a vida que tinham em comum numa viagem a Escócia. Mas o reencontro não ocorre da forma esperada. Parece haver entre a esposa e o marido um distanciamento muito maior do que aquele causado pelos anos de guerra. Ao visitar uma antiga e mística formação de rochas, Claire finalmente vai conhecer seu destino.
Outlander não é romance comum, ele não é nada parecido com os romances que temos visto por aí. Diana Galbadon criou um herói e dezenas de cenas verdadeiramente românticas que deve ser suficiente para satisfazer até mesmo o leitor de romances mais exigente, já a questão da viagem no tempo e  algumas referências a bruxas e fadas deve ser do interesse dos leitores de fantasia e histórias paranormais. Outlander é um romance histórico repleto de detalhes da vida do século 18 nas montanhas escocesas, dentro e fora de um castelo, ele também relata alguns dos acontecimentos que levaram à Revolta de 1745. Diana Gabaldon mostra-se uma escritora incrível que mergulha profundamente na vida de seus personagens e da história em torno deles, pintando um quadro extraordinário que realmente transporta o leitor para outro tempo e lugar .

Claire é uma heroína incrivelmente forte, que às vezes pode ser um pouco ousada e audaciosa, mas no fundo ela é uma pessoa gentil e carinhosa. Ela se adapta surpreendentemente em um novo tempo e lugar, muito melhor do que a maioria das pessoas jamais conseguiriam se confrontados com o dilema dela. Claire é uma mulher muito inteligente, que usa cada grama de conhecimento à sua disposição para reverter sua situação. De alguma forma ela encontra a coragem para fazer escolhas difíceis em uma época em que as escolhas eram, por vezes, poucas ou inexistentes, especialmente para as mulheres, e para fazer o que precisa ser feito, quando necessário. Ela também é teimosa e persistente, mesmo em face de probabilidades quase impossíveis. O melhor de tudo, ela é um pilar de força para seu amado Jamie tanto quanto ele é para ela, e ela tem uma poderosa paixão subjacente que coincide com a dele.

Jamie, na minha opinião, é o melhor herói romântico que já foi escrito por um autor. Ele exibe tanto a força física e mental, bem como uma força de caráter, que vão acima e além de qualquer herói comum. Jamie também mostra um profundo respeito, não apenas por Claire, mas com todas as mulheres com quem ele convive, um verdadeiro cavalheiro em todos os sentidos da palavra. Por fora, Jamie é resistente como aço, suportando mais dor física do que qualquer pessoa jamais deveria sentir, enquanto no interior, ele é amável, gentil e sensível, muitas vezes, instintivamente sabendo coisas que os outros não o fazem. Ele é bem inteligente e bem-educado e muitas vezes lindamente poético em sua fala. Eu amava o jeito que ele estava sempre brincando com Claire. Jamie é simplesmente um personagem maravilhoso, um homem que ama desinteressadamente e com todo o seu ser.

Juntos, Jamie e Claire fazem um casal formidável, e é óbvio desde o início que eles são almas gêmeas. Não há mal-entendidos inventados entre eles, apenas honestidade, algo que é difícil de se encontrar nos romances atualmente. Eu amei a forma como a autora cria, além de uma paixão avassaladora, uma bela amizade entre o casal principal. Pode se dizer que a base do relacionamento do casal é a amizade que surge desde o primeiro encontro.  O que é ainda melhor, porém, é como que a amizade continua a florescer e crescer mais e mais, mesmo depois que eles são casados​​. O nível de intimidade desses dois personagens é algo que raramente se vê em um romance, e mais do que pouco ou nada tem a ver com interlúdios sexuais. Durante os momentos em que Jamie e Claire estavam separados, mesmo por curtos períodos de tempo, eu simplesmente não podia esperar para ver eles juntos de novo, pois eles tem uma química tão forte que sempre que aparecem o leitor consegue sentir uma certa "eletricidade". 

Os personagens secundários  também são extremamente bem trabalhados e surpreendentemente bem construídos, mesmo aqueles que tem pequenas aparições. O aspecto viagem no tempo adiciona um certo charme a história e Gabaldon certamente pensou nas implicações de tal feito se fosse realmente possível. Cada cena simplesmente aumenta a riqueza de detalhes no livro, e não há nada que eu sentia que era excesso. O cuidado da autora ao juntar todos os elementos é impecável.

Sobre a diagramação e capa, não tenho palavras para descrever o quão belamente a Saída de Emergência conseguiu preparar esse livro. Todos os detalhes são perfeitos e o layout combina perfeitamente com a história, mais uma vez um mega parabéns para a editora.


   Cotação:

3 comentários:

  1. Olá.
    Essa capa é mesmo linda e a SdE SEMPRE arrasa nas edições, quero muito ler esse livro, mas não estou disposta a solicitar por conta das 800 páginas. Creio que prefiro comprar.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Juliana! Nossa, achei o livro muito interessante. A capa é muito bonita e o livro deve ser ótimo! Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Tenho muita curiosidade para ler esse livro, ele foi bastante divulgado.
    Essacapa é maravilhosa, foi uma das coisas que me chamou atenção nessa obra.
    Beiijos
    Construindo Estante || Facebook Tem promoção de Halloween lá no blog. Não fique fora dessa!

    ResponderExcluir