4 de novembro de 2014

Lançamentos @geracaobooks - Nov/14


Geração Editorial



Mascarados, de Esther Solano, Bruno Paes Manso e Willian Novaes
A verdadeira história de como e porque os black blocs invadiram as ruas e o que isso significa para o Brasil. Uma invasão inusitada surpreendeu São Paulo em junho de 2013: misturados aos ingênuos manifestantes que reclamavam de tarifas de transportes, mascarados quebravam portas de bancos e enfrentavam com violência a própria polícia. Quem eram eles? Mascarados — a verdadeira história dos adeptos da tática Black Bloc leva o leitor para dentro das manifestações que tiraram o sono das autoridades do Brasil. Além disso, desmistifica os (pre) conceitos que surgiram desde as primeiras cenas de violência. Preconceitos reforçados pelo noticiário quase sempre parcial e focado na espetacularização da notícia. Com entrevistas de ativistas, realizadas no calor das manifestações, a pesquisadora, socióloga e professora da Unifesp Esther Solano Gallego entrou no mundo, na cabeça e no cotidiano dos jovens protagonistas das cenas de selvageria que assustaram a cidade. Desse contato merge a visão que os adeptos do Black Bloc têm de nosso país, da sociedade, das autoridades e de si mesmos. A pesquisa é reforçada pela narrativa do jornalista Bruno Paes Manso, que relata como passou a entender o raciocínio desse grupo ao longo da cobertura jornalística feita para o jornal O Estado de S. Paulo. Na terceira e quarta partes, por meio de diferentes relatos dados ao jornalista Willian Novaes, o livro dá a palavra a adeptos da tática que mostram as origens distintas dos membros do Black Bloc e, também, o discurso convergente contra o sistema político-social vigente no país e a versão do coronel da PM que foi agredido pelos mascarados.

Flora Hen, de Hwang Sun-mi
A moderna fábula coreana com 2 milhões de exemplares vendidos que está conquistando corações em todo o mundo. Flora Hen é uma galinha. Flora Hen é carismática. Ela vai fazer você rir e chorar, ela vai surpreender você – mas, principalmente, ela vai lhe ensinar, com doçura e coragem, a ser melhor, mais humano e mais forte, nos insuspeitos e perigosos caminhos da vida. Tão poético e filosófico quanto “O pequeno príncipe”. Tão iluminado quanto “Fernão Capelo Gaivota”. Tão animador quanto “A arte da guerra”. Tão inspirador quanto a Bíblia. Criança ou adulto, pode ler sem susto: a encantadora história de Flora Hen vai tocar seu coração.



Antes que o Sonho Acabe, de Hermes Leal
Dançando conforme a música. No antigo seriado Túnel do Tempo, os personagens são enviados ao passado e dançam conforme a música para escapar de situações difíceis, como uma guerra em andamento. Na verdade, isso acontece com cada um de nós. Quem nasce hoje, por exemplo, terá que enfrentar o mundo tal qual ele é, com todas as suas virtudes e vicissitudes. Em Antes que o sonho acabe, o personagem Daniel vê-se enredado pelos acontecimentos da década de 1970, entre os quais a guerrilha na selva amazônica. Mas este episódio é apenas um pano de fundo para apresentar um rapazinho meigo, sem malícia, amigo íntimo da natureza, que sonhava com uma vida melhor e fugir daquele fim de mundo às margens do rio Tocantins. Mas as circunstâncias vão alterando os seus planos. A cada dificuldade, no entanto, Daniel vai crescendo, transformando espinhos em amadurecimento, dificuldades em sabedoria. Mas não tinha muita consciência disso durante a turbulência da vida. Nada como a memória para voltar ao passado e aprender duas vezes. É o túnel do tempo que existe em cada um de nós. O personagem Daniel é maior que a história que tenta aprisioná-lo como um bicho. Com a palavra, Hermes Leal.

O Natal Nos Mais Belos Poemas e Canções
Um pequeno livro, mas com um importante objetivo – relembrar o espírito de Natal. E para isso, nada melhor que textos clássicos de autores consagrados, canções e passagens bíblicas repletas de sentimento e imbuídas das mais sublimes aspirações humanas.Textos que falam ao coração, enchendo-o de esperança e felicidade, sentimentos importantes nestes dias atribulados.Um singelo presente para as pessoas a quem amamos e estimamos.

Cartas da Humanidade, de Márcio Borges
“Cartas Para A Humanidade” é uma compilação impressionante desses documentos. Passando por religiões, artes, ciências, romances célebres, declarações de grandes reis, estadistas e presidentes, conflitos, intrigas palacianas, prenúncios de golpes de estado e guerras, frases preconceituosas e outras tantas curiosidades, o livro vai de Zaratustra, em documento do livro sagrado do Zoroatrismo de 6000 A.C, até uma Carta Aberta ao Povo de Illinois, escrita por Barack Obama em 2008, passando por documentos de grandes nomes como Einstein, Orson Welles, Marilyn Monroe, Che Guevara, Lenin, Fernando Pessoa, Getúlio Vargas, Jânio Quadros e Juscelino Kubitschek, entre muitos outros. Um livro precioso para quem ama guardar documentos que sempre terão ressonância no interior de cada um de nós.

A Guerra dos Fae: Luz e Trevas, de Elle Casey
OS FAE DA LUZ EM COMBATE CONTRA OS FAE DAS TREVAS JAYNE SPARKS ESTÁ MAIS DESTEMIDA DO QUE NUNCA! O terceiro volume da série GUERRA DOS FAE, LUZ E TREVAS, é uma vitória definitiva do estilo de Elle Casey nesta saga consagrada pelo sucesso entre os leitores jovens americanos e brasileiros. Jayne Sparks está mais destemida, engraçada e rebelde do que nunca, tendo que enfrentar os problemas causados acidentalmente pelo duende Tim, aprender a manipular melhor seus poderes com O Verde, conhecer traições de um grande amigo e descobrir quais são os motivos secretos pelos quais há uma guerra incessante entre Faes das Trevas e Faes da Luz. Seus poderes podem torná-la vulnerável às manipulações dos Fae das Trevas, e ela poderá torna-se prisioneira de forças inimigas. Mas sua astúcia sempre estará lá. Acompanhe agora esta terceira parte agitada e emocionante.

Aprendendo a Voar, de Padre Aberio Christie
“Aprendendo a Voar” cumpre esse papel de instigar, provocar, cutucar consciências e fazer brotar ideias e sentimentos. Mas não é um livro de memórias, ou de resgate das histórias contadas no passado. Aqui estão os pensamentos, sentimentos e fantasias de um menino homem que passa uma boa parte da sua vida a transmitir mensagens com o objetivo de despertar a fé e a razão próprias e dos outros. “Aprendendo a Voar” não é e não quer ser um manual de conduta moral ou uma palavra definitiva sobre o que quer que seja, mas pretende incentivar as pessoas a serem sinceras consigo mesmas, pois vivemos em mundo onde fingir ser o que não é ou imitar os outros tornou, equivocamente, uma atitude louvável. As pessoas migram de um extremo ao outro, há aquelas que querem parecer perfeitas diante de todos e aquelas que querem transgredir radicalmente com a simples intenção de tentar ser o que não são. Mas por que não ter a liberdade de fazer escolhas entre um lado e o outro? Eu posso romper muitas correntes que me prendem, mas posso também aceitar os laços que me unem às outras pessoas. Eu não preciso me filiar ao partido “X” e recusar irresponsavelmente até mesmo as coisas sensatas que propõe o partido “Y”. Este livro quer resgatar a liberdade de pensamento, sentimento e ação sem deixar esquecer a responsabilidade individual e coletiva de cada um de nós.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir