2 de fevereiro de 2015

Se eu Ficar - Gayle Forman


Título original: If I Stay
Autor: Gayle Forman
Edição: 01
Ano: 2014
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Adicione: Skoob
Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas

Todo mundo fala que "Se Eu Ficar" é romance lindo que quando você termina a leitura as lágrimas estão correndo e você sente um vazio dentro de você. Bom, acredito que ou eu sou muito insensível ou a história não colou comigo, vou ficar com a segunda opção.

Mia é uma garota perfeita, que possui a família perfeita e de quebra tem um namorado perfeito. Tudo era lindo e maravilhoso até que em uma manhã em que tudo foi cancelado, graças a uma previsão de nevasca, Mia e sua família resolvem visitar uns amigos. Nada a preparou para o que estava prestes a acontecer. Nessa viagem eles sofrem um acidente grave de carro e apenas Mia sobrevive. Se isso já não fosse ruim o bastante, Mia acaba descobrindo que ela está vivendo uma experiência onde o seu espírito está fora de seu corpo. Com essa nova descoberta Mia vai nos contando através de flashbacks a sua história e tenta decidir se ela fica, ou não.

Esse foi o primeiro livro da Gayle Forman que li e estava com ótimas expectativas. Uma coisa que me chateou um pouco foi a maneira da autora desenvolver a trama, a maior parte do livro é descritiva e temos poucos diálogos. Para mim, isso é um pouco cansativo, gosto de livros onde podemos ver a interação entre os personagens, acredito que isso até me aproxima mais dos mesmos.

Outro ponto que não funcionou foi a caracterização dos personagens, quando eu iniciei a leitura a imagem que a autora me passou foi a da típica família de comercial de margarina. Mia é linda, sabe tocar violão celo,  seu namorado é um garoto bonito, faz parte de uma banda e de quebra é extremamente apaixonado por ela. Seus pais são os típicos pais americanos, seu pai é um ex-punk que agora acha que chegou a hora de assumir responsabilidades e usar gravata-borboleta, sua mão é uma ex-hippie apaixonada pela família e temos Teddy, o irmão mais novo que para não destoar da família perfeita sabe tocar bateria e é um garoto superfofo. 

Mas aí chega o acidente de carro e Mia começa a parecer mais como uma pessoa normal. Mas de novo a narrativa em que mistura flashbacks de sua vida e o que estava acontecendo com ela no hospital,  não colou comigo. Eu não consegui em nenhum momento sentir o sofrimento da Mia, não consegui sentir a sua dor de perder os pais. Acredito que esse foi um dos poucos livros que li desse gênero que eu não consegui me emocionar. Talvez o problema tenha sido eu que não tenha lido em um dos meus melhores momentos, ou até mesmo tenha começado a leitura com grandes expectativas. 

Sobre a diagramação é layout tenho que dar os parabéns para a Novo Conceito, o livro simplesmente ficou lindo com símbolos de notas musicais em cada página. A fonte e espaçamento estão de um tamanho bom e não encontrei nenhum erro ortográfico ou gramatical. Trabalho excelente como sempre.

Para encerrar o que eu posso dizer é que Se Eu Ficar é um bom livro, mas não é tudo aquilo o que falam, pelo menos é o que eu acho. Para uma leitura para passar o tempo sem grandes expectativas esse é o livro ideal.


Cotação:

8 comentários:

  1. Estava mesmo precisando ler uma resenha sincera desse livro!! Não tive a menor vontade de ler quando foi publicado mas vi TANTA gente falando maravilhas sobre ele que fiquei dividida entre ler ou não... acho que esse eu vou passar por enquanto, mas quem sabe um dia eu leia!
    Adorei a resenha.
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Jessica!
    Eu não terminei o livro com lágrimas nos olhos (e olhe que eu sou fraca pra romances), mas ainda dei uma pontuação alta, porque achei o livro muito bem escrito e realista.
    Entendo que cada um tem sua opinião, você mostrou seu ponto de vista, apesar de eu não concordar com algumas coisas, rs.
    E ah, a novo conceito arrasou mesmo! <333
    Beijos, Lis.
    umareescrita.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha. É a primeira vez que vejo alfuma crítica ao livro, ficava me perguntando se era bom como todos dizem. Fico feliz em ler uma opinião que difete de tantas outras.

    Seguindo aqui... Beijinhos.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/2015/02/unboxing-joia-rara.html

    ResponderExcluir
  4. Engraçado que, apesar de ser best-seller, eu só tenho lido resenhas como a sua mesmo, dizendo que o livro não é lá essas coisas. Sobre a edição eu vou ter que discordar de você, achei as notas musicais nas páginas horríveis, haha. Prefiro que as firulas fiquem na capa e o miolo seja mais limpo.

    The Fat Unicorn

    ResponderExcluir
  5. Você descreveu exatamente o que eu senti! Fiquei bem decepcionada com esse livro, minhas expectativas estavam altas. Beijos, Jú
    docurailusoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Quando vi o filme "Se eu ficar", imaginei que o próprio livro não seria tão bom quanto a adaptação, principalmente pelo modo como a história é contada. Ainda não li e também não tenho vontade de ler depois de ver tantas resenhas negativas :/ Beijinhos, Beatriz.

    www.odiariodeumaescritorainiciante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Que pena que o livro não superou suas expectativas. É realmente muito frustrante quando isso acontece e por isso estou evitando ficar animada demais com um livro - apesar de que as vezes não consigo evitar. Eu me emocionei muito lendo o livro - muito mais do que com o filme - e chorei bastante especialmente com o fim, mas também admito que sou uma manteiga derretida e que é bem fácil um livro me fazer chorar. D:

    http://paixonitesliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Que pena que o livro não funcionou com você, eu adorei o tom da narrativa. Não achei o melhor livro da minha vida, mas ainda assim gostei bastante.
    Abraços! :)

    ResponderExcluir