25 de março de 2015

Paixão ao Entardecer - Lisa Kleypas


Título original: Love in the Afternoon
Autor: Lisa Kleypas
Edição: 01
Ano: 2015
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Paixão ao Entardecer - Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles. Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga. A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio. Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles. De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.

Começo essa resenha com o sentimento de perda, afinal esse é o último volume de uma série que desde o primeiro livro me conquistou completamente. Lisa Kleypas sabe  como ninguém escrever histórias que misturam drama, romance e humor. A forma com que a escritora consegue interligar todos os livros da série dá ao leitor a sensação de estar acompanhando uma novela, algo difícil de encontrar em series com livros independentes.


Em "Paixão ao Entardecer" temos a história de amor de Beatrix Hathaway, a irmã mais nova e também a mais excêntrica de todos os Hathaways. Para quem acompanha a série sabe que Bea é extremamente apaixonada por animais e faz disso a razão de sua vida. Sendo assim, ela é considerada pela maioria dos solteiros elegíveis como uma garota excêntrica e que serve apenas como amiga.

Mas tudo muda quando sua amiga Prudence Mercer recebe uma carta do Capitão Charistopher Phelan, que está servindo na guerra. Prudence que é extremamente fútil  e mimada, decide que não irá responder a carta, afinal Christopher está na guerra e talvez nem volte vivo, sem falar que a escrito do capitão não a agradou nenhum pouco.

Quando Beatrix lê a carta decide que a mesma não pode ficar sem uma resposta e que se Prudence não irá escrever deve ao menos dar permissão para que ela escreva em seu nome. Tendo decidido que não seria nada demais, Prudence autoriza Bea a escrever mas pede para que nunca revele a verdadeira autoria das cartas. Após a primeira carta muitas outras sucedem-se, e cada nova carta mais o amor de Bea por Christopher cresce.

Sabendo que Christopher nunca irá olhar duas vezes para ela tendo Prudence ao seu lado, após algum tempo, Beatrix resolve não enviar mais cartas ao capitão e por acidente acaba enviando um bilhete onde diz que não é quem ele pensa e que ele deve voltar e procurar por ela.

Após dois anos a guerra chega ao fim e Christopher pode regressar a sua casa, mas nada é como antes. Seu irmão mais velho está morto e com isso a responsabilidade pela família agora é dele, mas Christopher que viu muitos amigos morrerem e que matou muitos homens, hoje não se encontra em condições de cuidar nem mesmo de si próprio. Carregando muitas feridas emocionais e sofrendo com um trauma pós-guerra, Christopher não tem mais nada do galante conquistador de outrora e, Beatrix quando descobre o que o seu amado está sofrendo resolve, mesmo sabendo que essa não é uma boa ideia, ajudar no seu restabelecimento.

Beatrix e Christopher são um casal extremamente fofos e românticos, a química entre os dois é forte e o amor que surge é tão sublime que não tem como não se apaixonar por eles. Encontrar os outros Hathaways é um bônus maravilhoso, poder ver como vivem os personagens das histórias anteriores é algo que gosto bastante.

Paixão ao Entardecer é um romance leve e divertido, de todos os livros da família Hathaway esse tornou-se o meu preferido, e olha que a disputa foi acirrada afinal, Lisa Kleypas a cada nova história consegue superar-se. Para quem já vem acompanhando a série essa é uma leitura obrigatória, já para quem ainda não leu nenhum livro, só posso dizer: comece a leitura o mais breve possível porque Lisa Kleypas é ótima.  Enfim, leitura mais que recomendada e espero ansiosamente os próximos lançamentos dessa autora tão querida!

Cotação:

3 comentários:

  1. oi minha linda! sua resenha só me deixa com mais vontade de ler! os Hathways me conquistaram de primeira e agora ter que dar tchau da um aperto no coração, mas eu to louca pra ler a história da Bea!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro essa série ela é maravilhosa e uma coisa que eu amei nesse também são os animais porque eles são personagens nesse livro também, dei muitas risadas com o cachorro do Capitão Charistopher rsrs e fique com vontade de dar uns tapas na Prudence.Mas pra resumir esse livro é maravilhoso e encerra com grande estilo uma ótima série.
    Bjs
    Meu mundo particular

    ResponderExcluir
  3. Minha meta para esse ano é ler Os Hathaways, principalmente porque esse último livro tem uma premissa que mais me interessou. :D
    Letras & Versos

    ResponderExcluir