7 de outubro de 2015

@EditoraArqueiro publicará série de livros de @EloisaJames



A editora Arqueiro anunciou na semana passada que irá lançar a série Fairy Tales, da autora Eloisa James. Acredito que para muitos isso não seja tão novidade assim, pois a Julia Quinn, na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, já havia dito que a editora iria publicar os livros da Eloisa James aqui no Brasil.
A série é uma releitura dos contos de fadas como A Bela e a Fera, Cinderela,  Rapunzel, entre outros. A editora ainda não divulgou quando será o lançamento, mas tudo leva a crer que será em meados de 2016. #AssimEspero



Forçada pela madrasta a ir a um baile, Kate conhece um príncipe… E decide que ele é tudo menos encantado. Segue-se um esgrimir de vontades, mas ambos sabem que a atracão irresistível que sentem um pelo outro não os levará a lado nenhum. Gabriel está prometido a outra mulher – uma princesa que o ajudará a alcançar as suas ambições implacáveis. Gabriel gosta da noiva, o que é uma surpresa agradável, mas não a ama. Obviamente, deve cortejar a sua futura princesa, e não a beldade espirituosa e pobre que se recusa a mostrar-se embevecida. Apesar das madrinhas e dos sapatinhos de cristal, este é um conto de fadas em que o destino conspira para destruir qualquer oportunidade de Kate e Gabriel poderem ser felizes para sempre. A menos que um príncipe abdique de tudo o que o torna nobre... A menos que o dote de um coração indisciplinado triunfe sobre uma fortuna... A menos que um beijo encantado ao bater da meia-noite mude tudo.



Miss Linnet Berry Thrynne é Bela... Naturalmente, está noiva de um Monstro. Piers Yelverton, conde de Marchant, vive num castelo no País de Gales, onde, corre o boato, o seu mau humor arrasa todas as pessoas com quem se cruza. E também consta que uma lesão deixou o conde imune aos encantos de qualquer mulher. Só que Linnet não é qualquer mulher. Ela é mais do que simplesmente formosa: o seu espírito e encanto forçaram um príncipe a ajoelhar-se. E calcula que um conde se apaixonará loucamente por ela… em apenas duas semanas. No entanto, Linnet não tem ideia do perigo a que o seu coração é exposto por um homem que poderá nunca devolver-lhe o seu amor. Se ela decidir ser realmente muito perversa … que preço pagará por domar o coração selvagem desse homem?

Ele procura a noiva perfeita...Ele é um duque em busca da noiva perfeita. Ela é uma senhora... mas está longe de ser perfeita. Tarquin, o poderoso duque de Sconce, sabe perfeitamente que a decorosa e elegantemente esguia Georgiana Lytton dará uma duquesa adequada. Então, porque não consegue parar de pensar na sua irmã gêmea, a curvilínea, obstinada e nada convencional Olivia? Não só Olivia está prometida em casamento a outro homem, como o flirt impróprio, embora inebriante, entre ambos torna a inadequação dela ainda mais clara. Decidido a encontrar a noiva perfeita, ele afasta metodicamente Olivia dos seus pensamentos, permitindo que a lógica e o dever triunfem sobre a paixão... Até que, na sua hora mais sombria, Quin começa a questionar-se se a perfeição tem alguma coisa a ver com amor. Para ganhar a mão de Olivia ele teria de desistir de todas as suas crenças e entregar o coração, corpo e alma... A menos que já seja demasiado tarde. A curvilínea e ousada Olivia e a esguia e discreta Georgiana são gémeas, criadas pelos pais para serem noivas de duques. Tudo parece assegurado até que o futuro marido de Olivia, o tolo Rupert Blakemore, marquês de Montsurrey, faz dezoito anos e declara que «não irá casar até ter alcançado glória militar». Enquanto ele parte para a guerra contra Napoleão, Olivia vai com Georgiana conhecer Tarquin Brook-Chatfield, o viúvo duque de Sconce e possível pretendente de Georgiana. Mas Tarquin encanta-se imediatamente com Olivia, que tem de decidir se irá ou não arriscar desiludir Georgiana e Rupert retribuindo o afeto de Quin. Uma versão inteligente do clássico A Princesa e a Ervilha.

Como poderá ela se atrever a imaginar que ele a ama… quando toda a Londres a chama de «A Duquesa Feia»? Theodora Saxby é a última mulher que acredita que o lindo herdeiro do Ducado de Ashbrook, James Ryburn, escolha para casar. Mas depois de uma proposta romântica diante do próprio príncipe, até mesmo a prática Theo se convence da paixão do seu duque. Ainda assim, os tablóides concedem apenas seis meses de duração ao casamento. Theo ter-lhe-ia dado o tempo de uma vida... até que descobre que James não desejava o seu coração, e definitivamente não a sua aparência, mas o seu dote. A sociedade estava chocada com o casamento e está escandalizada agora com a separação. James enfrenta a batalha da sua vida: convencer Theo que ele ama o patinho feio que se transformou em cisne. E Theo logo descobrirá que para um homem com a alma de um pirata, tudo é justo no amor... ou na guerra.

Era uma vez... Um duque se apaixonou. Gowan Stoughton de Craigievar, Duque de Kinross, valoriza a ordem e o auto-controle acima de tudo. Então quando conhece uma jovem tão serena quanto bonita, ele prontamente pede sua mão em casamento. Por uma lady. Edie - cujo temperamento apaixonado é o oposto de sereno - estava tão em êxtase com sua estreia no baile que não percebeu ninguém, nem mesmo o notoriamente indescritível Duque de Kinross. Quando seu pai aceita sua oferta… ela entra em pânico. E quando sua noite de casamento não é nada como poderia ser, ela finge. Em uma torre. Mas a incapacidade de Edie de esconder seus sentimentos torna isso impossível, e quando seu casamento implode, ela se retira para uma torre - trancando Gowan fora. Agora Gowan enfrenta seu maior desafio. Nem ordens nem a razão funciona com sua espirituosa jovem esposa. Como pode ele convencê-la de entregar as chaves da torre... Quando ela já possui as chaves de seu coração?


Um comentário:

  1. oi flor, eu ja to super animada com essa noticia, sou fã de romance de época e quanto mais publicações e autoras melhor
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir