30 de janeiro de 2016

Mais Uma Chance - Abbi Glines


Título original: One More Chance
Autor: Abbi Glines
Ano: 2016
Editora: Arqueiro
Páginas: 208
Adicione: Skoob
Grant Carter fez tudo em seu poder para convencer Harlow Manning que ele era um bom rapaz. Mais do que uma fala mansa e alguém em quem pudesse confiar. Ele teve de superar sua reputação como um playboy, e sua história com a meia-irmã de Harlow, Nan, uma mulher que é puro veneno. Harlow tinha agarrado a chance, caindo duro e rápido nos braços do cara que emocionou com o seu desejo que tudo consome. Depois de uma vida de evitar bad boys como Grant, ela abriu-se para as possibilidades de amor ... Mas um segredo rasgou-os, e agora Grant e Harlow devem decidir se eles podem lutar o suficiente para fazê-lo funcionar - ou se a dor da traição tem destruído permanentemente o seu futuro.

Mais Uma Chance, de Abbi Glines, é o oitavo livro da série Rosemary Beach, lançado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro. Para quem leu a minha resenha de A Primeira Chance, percebeu que eu não gostei quase nada da estória, Grant acaba por pisar muito na bola e isso fez com que minha opinião sobre ele fosse a pior possível. Já aqui a autora conseguiu me surpreender de forma espetacular, juro que não esperava um livro tão bom quanto esse.

Diferente dos outros livros da série, onde o sexo e o erotismo eram o ponto principal da estória, aqui nós temos um enredo mais voltado para o romance, claro que as cenas mais picantes, que são a marca registrada da autora, estão presentes, mas elas não são o ponto alto da trama. A escrita da Abbi está muito mais emocional, dá para se dizer que aqui nós temos uma escrita mais madura, sem tantos dramas desnecessários e um enredo mais realista.

A estória de Grant e Harlow, tornou-se, de longe, a minha preferida. Primeiro porque já iniciamos vendo Grant desesperado atrás de Harlow, afinal fazem 48 dias que ele não tem nenhuma notícia dela. A única coisa que ele sabe é que ela está bem, mais nada. Segundo que Harlow é uma personagem encantadora, a forma com que ela consegue superar tantas coisas, sua doença, seu passado como filha de um astro de rock que muitas vezes não dava a mínima para ela, o fato dela ter perdido a mãe tão cedo, sem falar que ela consegue superar o fato de Grant ter dormido com Nan, o que, para mim, é algo quase para ser canonizada.

Por falar em Nan, aqui nós conhecemos um outro lado dela, um lado mais humano e que me fez até sentir um pouco de simpatia por ela, mas nada muito grandioso, até porque é difícil esquecer o que ela aprontou nos livros anteriores. Rush e Blaire também aparecem aqui e, diferente dos livros deles, podemos perceber um grande amadurecimento neles. Rush ainda é um cara possessivo e dominante, mas essas características estão mais atenuadas. Aqui ele aparece muito mais como uma cara família, um superpai e amigo, do que o cara pegador que conhecemos anteriormente. Blaire também está mudada, deixou de ser uma garotinha que por diversas vezes era irritante, e se tornou uma mulher forte e decidida.

Outro ponto importante para se destacar é que a autora não fica enrolando para resolver o problema entre o casal. Nesse ponto Harlow e Grant são completamente diferentes de Rush e Blaire, que demoraram três livros para resolver um pequeno problema. É como eu disse, Harlow é uma personagem maravilhosa, ela não fica como Blaire que num momento queria o Rush e no outro já não. Aqui ela é decidida e quando Grant a encontra, os dois já reatam e passam a dar atenção para o que é realmente importante: o segredo de Harlow.

Não vou mentir, a trama de Abbi Glines é bem clichê. O segredo de Harlow é previsível, a forma com que a trama vai se desenvolvendo não traz grandes surpresas, mas tem um porém. A escrita de Glines é cativante, envolvente e emocionante. Em sua forma única de escrever ela conseguiu transformar o que era para ser mais do mesmo, em algo completamente diferente. A cada página lida eu ia ficando mais e mais vidrada na estória e não via a hora de chegar ao final, mesmo já antecipando como ele seria.

Para quem gosta de livros românticos, com alguns dramas familiares e cenas mais picantes, Mais Uma Chance é uma ótima pedida. E para quem estava desanimado com os últimos livros da Abbi Glines fica aqui a dica para que leia esse livro, pois ele, na minha opinião, é a redenção da Abbi. Mais Uma Chance é, com certeza, o melhor livro que ela já escreveu, só espero que os seus próximos livros sigam este mesmo ritmo.


Cotação:

Série Rosemary Beach

1. Paixão Sem Limites - Série Sem Limites #01 (Rush & Blaire)
2. Tentação Sem Limites - Série Sem Limites #02 (Rush & Blaire)
3. Estranha Perfeição - Série Perfeição #01 (Woods & Della)
4. Amor Sem Limites - Série Sem Limites #03 (Rush & Blaire)
5. Simples Perfeição - Série Perfeição #02 (Woods & Della)
6. Rush Sem Limites - Série Sem Limites #04 (Rush & Blaire)
7. A Primeira Chance - Série Chance #01 (Grant & Harlow)
8. Mais Uma Chance - Série Chance #02 (Grant & Harl
9. You Were Mine (Tripp & Bethy)
10. Kiro's Emily (Conto)
11. When I’m Gone (Mase & Reese)
12. When You're Back (Mase & Reese)
13. The Best Goodbye (Capitão)
14. Up In Flames (Nan)
15. Ainda não divulgado (Dean)

21 comentários:

  1. Ai Deus, gostei tanto do que você falou sobre o livro estar mais emocional e romântico, mesmo tendo, claro, o sexo picante de Abbi. Eu adoro Rosemary Beach e os três últimos livros lançados aqui são os que faltam para eu ler, que é o último do Rush e estes dois do Grant. Ah, Grant, será que ele vai roubar o posto do meu queridinho Woods? Estou achando que sim rs.
    Adorei sua resenha!
    Bjks
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bom?

    Já li todos os livros da Abbi publicados até o momento e concordo contigo: esse é o melhor da série. Ele tem uma carga emocional enorme e me peguei, em vários momentos durante a leitura, totalmente emocionada. Ela realmente se superou nesse. Eu não gosto da história do Rush e Blaire, mas já gosto do Woods e da Della, apesar da tragédia que houve.

    Enfim, adorei a sua resenha, ficou ótima! Parabéns!

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Li 5 livros da Abbi Glines, relativamente na ordem e nenhum deles me chamou a atenção ou me acrescentou alguma coisa diferente, por isso quando conclui a leitura de Simples Perfeição, parei de ler qualquer coisa dela. Acho a escrita pobre e vulgar. Mesmo que você diga que este livro é melhor que os outros e que ela se redime p=mediante seus leitores, não vou arriscar. Mas pra quem gosta, a série é imensa né?
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Tem 8 livros da autora lançados no Brasil e eu aqui não li nenhum ainda. VÊ SE PODE.
    Ainda bem que nesse volume a autora não focou no sexo, detesto isso.
    Eu amo livros românticos, e se tem um drama ali é muito melhor, as cenas picantes fazem parte, mas que bom que não são o foco.
    Adorei saber que a autora não enrola, fiquei curiosa. Mesmo sendo um livro clichê e previsível.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Jéssica. Tudo bem?
    Ainda não li nada da autora, e olha que não foi por falta de recomendação. Este livro parece ser bem quente, envolvente e emocionante. Gosto quando a leitura é rápida e pouco previsível. A resenha está bem escrita, passando qual a pegada da história mais sem revelar demais, Parabéns!!!


    Beijos
    Carla Fernanda
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Às vezes o clichê é bom.
    Essa autora e essa série é bem nova para mim. Eu não conhecia até pouco tempo, inclusive, se não me engano, eu conheci aqui no teu blog. O meu problema é com coias previsíveis, ai que preguiça. Esse livro não me chamou muita a atenção, mas eu sei que aparentemente a leitura é bem gostosa. Espero poder ler um dia. :))

    ResponderExcluir
  7. OI!!!

    As vezes demoro para ler livros hots por isso, não existe diálogo apenas sexo. Mas pelo que li dessa vez Abbi realmente investiu em cenas mais suaves e um clima mais calmo e sem deixar as cenas quentes. Se for assim, posso dá uma chance para ver se ela consegue me convencer de que seus livros são bons. Beijos!!

    ResponderExcluir
  8. Estou acompanhando essa série desde o inicio, e jamais imaginei que ela teria tantos títulos. Apesar de gostar da escrita da Abbi que é viciante, os livros são clichês como você mesma disse, não achei que a série faria tanto sucesso ao ponto de se estender tanto. Mesmo tendo uma relação de amor e ódio com esses livros já ando ansiosa pelos próximos volumes e esse a meu ver foi sem dúvida o melhor até aqui, gostei muito de ver outros assuntos em foco, a autora fez bem em aliviar a ênfase que ela vinha dando na vida sexual do casal. Os dramas de Harlow e Grant me comoveram e emocionaram.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Confesso que não gosto das continuações das séries da Abbi, mas pelo o que li da sua resenha, isso melhorou nessa "série". Grant é meu personagem favorito e o pouco que li sobre a Hallow, eu gostei. Estou ansiosa para ler a série Chance. Estava receosa em ler, porque como disse a Abbi não consegue criar uma boa continuação na minha opinião, e como você escreveu que o livro será voltado mais para a parte emocional dos personagens, estou curiosa. Realmente, a escrita da Abbi é muito cativante, mesmo quando odeio algumas atitudes dos personagens, continuo lendo só pela fluidez que a escrita dela traz.

    Beijos,
    http://entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Eu li esse livro no final de semana passado, e gostei muito da trama. Bem emocionante, e até cheguei a derrubar algumas lágrimas. Realmente a trama é bem clichê e previsível, mas quando bem escrito eu não me importo. Acabo sofrendo e torcendo junto com os personagens, rs.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  11. Olha sempre tive muito interesse em ler essa série, mas até hoje eu ainda não li nada sabia? Estou bastante curiosa para fazer a leitura, mas eu não sei quando o farei, até porque são vários livros. Mas gostei bastante da sua resenha e também de tudo que você apontou, embora serja um clichê, mas sinceramente eu adoro rs

    Espero poder ler assim que puder, porque olha sua resenha me chamou atenção.
    PARABÉNS...tu escreve bem moça.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/resenha-outlander-viajante-do-tempo.html

    ResponderExcluir
  12. Oieee
    Menina eu não sabia que essa série era tão grande, CARAMBA.
    Olha, não sei porque, mas eu tenho um certo preconceito com os livros da Abby. Simplesmente não consigo sentir vontade de lê-los mesmo sabendo que ela escreve um gênero que eu gosto.
    Porém quando leio resenhas como a sua, fico afim de dar uma oportunidade a escrita da autora, beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu tinha lido uma resenha de A primeira chance e me atraí muito por esse casal, mas ainda não li o livro.
    Lendo a resenha de mais uma chance descobri que preciso atualizar logo essa leitura. Amei saber que a personagem é muito maduro e sobre a irmã dela, eu imagino que todo mundo tem um lado bom e um ruim, só que depende de qual lado é mais aflorado rsrs.
    bjs
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oii, tudo bem?
    Eu adoro a escrita da Abbi, ela me conquistou com a historia do Rush e da Blaire, apesar de contras em relação aos personagens. E fico muito feliz que esse livro seja mais voltado para o romance/drama, pois assim da um pitada diferente na historia. Espero ter a oportunidade de o ler.

    ResponderExcluir
  15. Olá Jéssica,
    Eu adoro ler os livros da Abbi quando estou naquelas ressacas literárias grandes, pois sempre saio delas.
    Infelizmente, Mais uma Chance é um livro que não chama minha atenção por ser com o Grant, um personagem que não gosto nada nada.
    Sinto que minha simpatia por ele é zero rs.
    Apesar disso, fico feliz que você tenha gostado da leitura e espero ler algo dela em breve, pois estou com saudades!
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oiee ^^
    Eu nunca consegui gostar da Nan (também né, pudera?!), mas saber que nesse livro ela mostra um pouco do seu lado humano e a gente consegue criar um pouco de afeição me deixou mais animada para ler. Eu ainda não li o primeiro livro do Grant e da Harlow, então não sei direito o que acontece, mas vi opiniões bem diversas sobre a história, então estou em cima do muro, por enquanto...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. OI,

    Eu não conheço a autora e os livros dela, mas pela sua resenha este título parece ser bom.Acredito que tramas clichês são ideais para sairmos da ressaca literária.Gostei das suas reflexões sobre a obra.

    Beijos
    Jucimara Pauda
    Livro sem frescura

    ResponderExcluir
  18. Oi
    Não consigo sentir vontade de ler Glines justamente pelas histórias clichês e um tanto apelativas sabe? É sempre bom ver resenhas sinceras como a sua que contam a história, mas também apontam os pontos negativos.
    Não arrisco ler. Desse eu passo longe.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  19. Oi Jéssica,

    Confesso que estou um pouco saturada da autora. Tenho sentido seus livros muito repetitivos e sem uma trama boa, sabe? Embora já sabia que seriam clichês, esperava que a autora evoluísse ao longo da série e não que os livros caíssem, pelo menos pra mim. Dei um tempo bem nesse livro e volto só quando tiver refrescado a cabeça com outras leituras.

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Preciso muito voltar a ler essa série!
    LI os do Woods e já achei que a escrita da autora tinha melhorado muito se compararmos a série do Rush, e como estão dizendo que esse é melhor ainda fico completamente maluca de vontade de ler logo, e conferir essa história incrível, ainda mais sendo do Grant, que foi o meu personagem favorito desde o primeiro livro.
    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oiie Jeu

    Ainda não li nada da série, e acho ela enooooooooooooooorme, e eu só gosto de ler séries quando eu tenho todas em mãos. Adorei em saber que esse livro não predomina só sexo e erotismo, romantismo é bom né? Mas vou tentar começar a ler essa série, pois vejo as pessoas falar super bem da Abbi.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir