7 de janeiro de 2016

O Retorno de Izabel - J. A. Redmerski


Título original: Reviving Izabel
Autor: J. A. Redmerski
Ano: 2015
Editora: Suma de Letras
Páginas: 232
Adicione: Skoob
Determinada a levar o mesmo estilo de vida do assassino que a libertou do cativeiro, Sarai resolve sair sozinha em missão, com o propósito de matar o sádico e corrupto empresário Arthur Hamburg. No entanto, sem habilidades nem treinamento, os acontecimentos passam muito longe de sair como o planejado. Em perigo, Sarai nem acredita quando Victor Faust aparece para salvá-la — de novo. Apesar de irritado pelas atitudes inconsequentes dela, ele logo percebe que a garota não vai desistir de seus objetivos. Então não há outra opção para ele a não ser treiná-la. Com tamanha proximidade, para eles é impossível resistir à atração explosiva. Nem Victor nem Sarai podem disfarçar o que sentem, ou negar o desejo que os une. No entanto, depois de tantos anos de sofrimento e tantas cicatrizes emocionais, será que eles conseguirão lidar com um sentimento como amor? Só que Sarai — novamente na pele de Izabel Seyfried — ainda terá que passar por um último teste; um teste para provar se conseguirá viver ao lado de Victor, mas que, ao mesmo tempo, poderá fazê-la questionar os próprios sentimentos e tudo que sabe sobre esse homem.

O Retorno de Izabel se passa alguns meses após A Morte de Sarai ter terminado. Aqui iremos reencontrar uma Sarai diferente do que vimos no primeiro livro, estando livre após muitos anos de cativeiro, ela está tentando levar uma vida “normal”, mas o normal nunca pareceu tão errado como agora. O que aconteceu com ela no livro um foi demais para simplesmente deixar tudo para trás, e você consegue perceber isso e não quer que ela tenha uma vida “normal” também.

Percebendo que não conseguirá levar uma vida como a de outras pessoas, Sarai resolve se tornar uma assassina. O plano dela é acabar com todos os homens que façam mal às mulheres. Se esse seu desejo vem à tona por causa de seu passado ou se é algo próprio dela, eu não sei. Mas o fato é que ela é uma pessoa que gosta do poder e que, por ter sofrido muito nas mãos de homens inescrupulosos, não tem outro caminho a seguir. Uma vida pacata com um homem comum, um emprego comum e amigos comuns, não é o estilo dela.

Tendo tomado sua decisão, Sarai escolhe sua primeira vítima: Arthur Hamburg. Arthur é um empresário sádico, corrupto e inescrupuloso que ela e Victor enfrentaram no passado. Sarai pode ter a alma de uma assassina, mas não possui a técnica e a sutileza necessárias para fazer um bom serviço, sendo assim é um pouco óbvio que as coisas iriam dar mal, na verdade muito mal. Logo o que eu percebi o que ela iria fazer eu fiquei completamente tensa, não conseguia largar o livro, tudo o que eu queria era entrar na estória e dar umas belas “carraspanas” na Sarai. Mas para a minha alegria, e a de Sarai, eis que surgi Victor Faust.

Victor apesar de ter dito que iria se manter longe e deixar Sarai viver a própria vida, não consegue se manter afastado, ainda mais quando ele percebe o que ela pretende fazer. Não sei vocês, mas eu tenho um enorme fraco pelo Victor, eu sei que ele é um assassino e que no mundo real nada do que ele faz seria louvável, mas na ficção ele é o homem perfeito. Os momentos em que ele e Sarai passam juntos não são o que você chamaria de doce ou romântico, até porque não existe nada de romântico em matar pessoas e se esquivar de balas. Victor e Sarai não são um casal comum, isso já ficou bem claro desde o primeiro livro, e é isso que faz toda a diferença, o fato deles não serem os personagens típicos de romances é que dá todo o diferencial para essa história.

Outra coisa que me deixou bem contente é o amadurecimento dos personagens. Victor conseguiu deixar de lado um pouco de sua reserva habitual e mostrou um lado mais humano. Seus sentimentos estão mais visíveis e é perceptível a forma com que ele se importa com Sarai. Ele realmente faz de tudo por ela, assim como ela por ele. Sarai apesar de continuar inconstante e impulsiva, também demonstra um lado mais afetuoso e mais maduro.

J. A. Redmerski criou uma trama tão bem escrita que cada cena que lia eu conseguia visualizar tudo em minha mente. Posso dizer que meu cérebro se tornou um set de filmagem, pois tudo o que acontecia na história eu ia formando cenas na minha cabeça. Tudo é tão bem detalhado e perfeito que o leitor nem precisa se esforçar muito para imaginar o que está lendo, com certeza se esse livro se tornasse um filme eu seria uma das primeiras pessoas a comprar o ingresso.

O enredo é tão fascinante e instigante quanto o primeiro, na verdade eu gostei muito mais desse do que de A Morte de Sarai, não sei, O Retorno de Izabel conseguiu me conquistar de uma forma que é difícil descrever, tanto é que essa é uma das resenhas mais difíceis que eu já fiz e para mim é complicado falar de um livro que mexeu tanto comigo.

O Retorno de Izabel é absolutamente merecedor de cada uma das 5 estrelas que dei. Novamente J. A. Redmerski conseguiu me manter cativa de Victor e Sarai desde a primeira página até as últimas palavras. Se esse é um “romance” tradicional ou não, para mim não faz diferença, o que importa é que a história teve a capacidade de mexer com todas as minhas emoções e me deixar completamente hipnotizada. Não sei qual é a mágica que a autora possui, só sei que a escrita dela funcionou comigo. Leitura mais que recomendada!


Cotação:

20 comentários:

  1. Tenho que admitir que só li o final da resenha porque ainda vou ler A Morte de Sarai e não quero saber absolutamente nada que possa ser spoiler.
    Comigo também é super difícil escrever resenha de um livro que gosto muito e adorei saber que você gostou mais desse do que do primeiro, me dá esperança de toda a série ser boa e acho que vou realmente gostar dela.
    Mesmo não tenho lido tudo que escreveu, o que li foi suficiente pra me deixar ansiosa pela leitura da série!

    Andresa Dias
    http://leiturasefofuras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ola,
    Muitoblrhql sua resenha, parabéns eubaonda quero ler esse livro para ler o que realemnte acho.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Deixa eu ver se entendi. Ela ficou presa num cativeiro. E tenta levar a vida normalmente, mas ela resolve ser uma assassina e sair matando os caras maus. Eu gostei disso. Tipo "justiça com as próprias mãos".
    Não li os livros, mas fiquei bem interessada.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Ai, Jéssica, eu to dooooooita pra ler esse livro, pq simplesmente amei e devorei o primeiro!!!! Acho a Redmerski sensacional!!!!!
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  5. OI!

    Pelo que entendi é uma série e a sinopse parece ser diferente dos outros livros, prova disso é o mocinho ser um assassino. Confesso que não é um livro que me atraia, embora a sua resenha seja bem positiva e estimulante, mas tentarei futuramente dar uma chance para essa obra.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Tô querendo muito ler A morte de Sarai, pois já tive contato com aquela outra série da autora e gostei muito da narrativa. As capas dessa série são lindas e fico feliz em saber que os personagens amadureceram e que você gostou muito do livro.
    Sua resenha está ótima e só me deu mais curiosidade em ler.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  7. Oi Jéssica,
    Não consegui encontrar um ponto contra esse dois volumes ainda, só penso ao terminar de ler uma resenha que nem a sua, porque eu ainda não tenho para ler. Gostei do enredo e da autora cativa com sua escrita. Ai esta uma leitura que quero fazer para ontem. Algo que mexa com nossas emoções e com a alma, ganha uma outra proporção na leitura.

    Beijos
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Há tempos quero ler essa série, mas ainda não tive o prazer. Primeira resenha que vejo desse segundo volume, já amei. Essa leitura eu quero fazer depois de ter lido algo leve, pois com certeza, possui uma forte carga emocional.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Jéssica!! Qdo o primeiro livro foi lançado, confesso que não tive interesse nenhum em ler. E tal interesse diminuiu ainda mais qdo soube que se tratava de uma série. Então começaram as resenhas, todas que li super positivas. Passei a desejá-lo, mas fiquei esperando o lançamento do segundo para então começar a ler. Esta é a primeira resenha que leio da sequencia, e estou ansiosa para começar logo minha leitura.
    Beeijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Já ouvi falar da série e sempre escutei que ela é bem legal.
    Vou colocar na minha lista de leitura, mas não sei em que momento vou conseguir ler XD
    Sua resenha está ótima.
    www.pontoparaler.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ooi! Nunca tinha ouvido falar deste livro, mas não me interessei muito... Achei a capa deste livro linda, mas o enredo em si não me prenderia, pelo menos é o que acho. Bom, parabéns pela resenha e boas leituras!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oieee, li A Morte de Sarai e amei demais, fiquei super triste quando acabou. Fico feliz que esse tenha sido bom também, porque estou bem ansiosa para lê-lo logo. E sim, eu também adoro Victor, e nada de pensar nas situações na vida real, tem que ser na ficção mesmo, senão ficamos doidas.

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Oie
    tenho bastante curiosidade pelos livros da autora e esse me chamou muito atenção, gosto desses enredos mais diferentes

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nossa eu ainda não li nem a Morte de Sátão, mas já quero esse,que livro é esse meu bem, tua resenha foi fantástica fiquei na curiosidade e ansiedade pra leitura. Obrigada pela dica.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  15. Oi...eu ainda não li o anterior mas ver que tu deu as 5 estrelas nesse já me entusiasmou a ler os dois. Tua resenha está ótima.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi...eu ainda não li o anterior mas ver que tu deu as 5 estrelas nesse já me entusiasmou a ler os dois. Tua resenha está ótima.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oiii!

    Ai que resenha liiiiiiiiiiiiinda <3 <3

    Adorei! Eu ainda não li o primeiro e ele está na lista há algum tempinho já. Acho que a escrita da autora também vai me conquistar assim como fez com vc! Gosto da tematica trabalhada e saber que a escrita é bem feita me conquista mais ainda!
    Ótima resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. A verdade é que não tenho a menor vontade de ler esse livro nem o anterior... acho horrenda a história da Sarai e com certeza não tenho estômago pelo menos para o primeiro livro... e não curti esse Victor continuar aparecendo, só de ler resenhas não vou com a cara dele, não consideraria ele o homem perfeito nem na ficção, afinal, não é por ser ficção que ele deixa de ser um assassino.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  19. Olá! É o tipo de leitura que me atrai e sua resenha me deixou curiosíssima! E como não comentar essa capa, que já de cara me despertou vontade de ler o livro! Vai entrar agora na minha fila de leitura! Obrigada pela dica! Abraço!
    http://www.pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu gosto dessa autora pela série mais famosa dela e essa eu morro de vontade de conhecer. Uns ama, outros odeiam, mas eu quero ter a minha opinião. Me deu um gás maior você ter gostado já que as continuações costumar não ser tão boas.

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir