23 de fevereiro de 2016

O Manuscrito - Chris Pavone


Título original: The Accident
Autor: Chris Pavone
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
Adicione: Skoob
Não existe no mundo uma única pessoa que possa comprovar tudo o que está nestas páginas. Mas há uma pessoa que pode chegar perto disso. Há outras pessoas que poderiam, se devidamente motivadas, confirmar certos fatos. Talvez este livro seja a motivação para essas testemunhas, um impulso para revelarem suas verdades, para comprovarem esta história. Mas o autor não é uma dessas possíveis testemunhas. Porque, se o que você está lendo for um livro concluído, impresso, encadernado e distribuído para o mundo, é quase certo que eu já esteja morto.

Isabel Reed, uma agente literária, gasta todas as suas noites lendo manuscritos, e um desses manuscritos vem a ser “O Acidente”, uma história de um escritor anônimo, e que sua assistente, Alexis, estava muito entusiasmada para ver publicado. O livro tem informações surpreendentes sobre Charlie Wolfe, uma figura muito conhecida nas grandes mídias e com muitas conexões políticas. Wolfe pretende se candidatar a um cargo na política nas próximas eleições, mas as informações contidas no manuscrito, se forem comprovadas, poderão acabar com a carreira de Charlie, uma vez que descreve um crime que ele cometeu em seu tempo de universitário.

A agência de Isabel e seus contratos literário não vão nada bem, e ela sabe de imediato que este novo livro é a sua chance de reverter a sua situação financeira. Mas ela também sabe que ela deve selecionar muito bem para quem ela irá falar sobre o manuscrito, afinal, se essas informações vazassem a situação inteira sairia de controle. Por isso, ela vai atrás de um de seus melhores amigos, Jeff Fielder, que também é editor. Logo após o encontro com Jeff, Isabel visita sua assistente, Alexis, para se certificar de que ela não deu nenhuma cópia do manuscrito, mas, para sua surpresa, ela encontra a garota morta em seu apartamento. Esse acontecimento desperta em Isabel a dúvida de que outras pessoas já estão sabendo do conteúdo do manuscrito e irão fazer de tudo para que ele não seja publicado.

O autor de “O Acidente” fez de tudo para que o livro seja publicado, e para isso, ele tomou muitas providencias. Uma delas a de ficar escondido e de se assegurar que o livro chegue nas mãos das pessoas certas. Lentamente, ao longo desse romance, mais informações vão sendo dadas sobre a identidade do autor, sua vida e o que ele está fazendo para se assegurar de que a história de Charlie Wolfe será revelada. Muitas coisas que são reveladas não são surpreendentes, enquanto outras são grandes reviravoltas que só adicionam mais suspense e fazem a leitura muito mais agradável.

Hayden Gray, um agente da CIA, aparentemente trabalhando em algo comum, está a serviço de Charlie Wolfe para assegurar que O Acidente nunca seja publicado. Ele parece disposto a fazer tudo o que for necessário para descobrir quem é e onde está o autor anônimo. Esses objetivos e desafios conflitantes levam Isabel Reed, Jeff Fielder e muitos outros em uma enorme caçada ao anônimo.

Pavone inclui uma série de personagens e muitas reviravoltas no enredo, sendo assim você tem que estar sempre atento para acompanhar a evolução da estória. Eu não sou muito de utilizar o sistema de notas quando estou lendo, mas neste caso eu fui obrigada. São tantas coisas acontecendo e tantos personagens que, se você não anotar tudo, acaba por se perder na estória. Pavone também gosta de mudar frequentemente o ponto de vista da narrativa. Se você é um leitor atento, com certeza terá uma leitura fantástica, mas caso contrário, você poderá ser frustrado. Como Chris foi um editor de livros antes de se tornar escritor, aqui nós podemos perceber um retrato interessante e realista das pessoas e das dificuldades enfrentadas nesse ramo.

O ritmo da narrativa é vertiginoso, o enredo é tenso e muito emocionante – não muito longe da credibilidade, e os diálogos são genuínos. Pavone criou personagens que você ao mesmo tempo que torce para que eles se deem bem quer que eles acabem mal. É algo muito louco, mas que no conjunto total é maravilhoso. É muito complicado falar porque esse é um dos livros de suspense que eu mais gostei, não vou mentir, tive que lê-lo umas três vezes para poder entender bem a estória, mas valeu muito a pena. Para quem está procurando um bom livro de suspense, fica aqui a dica.


Cotação:

0 comentários:

Postar um comentário