Uma Noiva para Winterborne - Lisa Kleypas

Título original: Marrying Winterborne
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
Adicione: Skoob
Compre: Saraiva
Cotação: 
Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer - nos negócios e em tudo mais.
No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda.
Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão.
Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade.
Com uma trama recheada de diálogos bem-humorados e cenas sensuais e românticas, Uma Noiva Para Winterborne é o segundo volume da coleção Os Ravenels.


Uma Noiva para Winterborne é o segundo livro da série Os Ravenels, de Lisa Kleypas.  Para quem lei o primeiro livro da série, Um Sedutor sem Coração, percebeu que Helen e Rhys ofuscaram os protagonistas da história e deixaram os leitores com o gostinho de quero mais. Uma noiva para Winterborne é uma história tão envolvente quanto qualquer um dos trabalhos anteriores de Kleypas - tirando Um Sedutor sem Coração.

O enredo é, na superfície, familiar. Helen e Rhys, ela uma aristocrata falida e ele um magnata plebeu, estão comprometidos, mas, como podemos ver no primeiro livro, acabam por se separar, pois Rhys acredita que Helen não suporta o seu toque e está aceitando o compromisso apenas pela questão financeira. O que é completamente errado. Helen está tão atraída por Rhys quanto ele por ela. O que acontece é que, ela por ser criada muito reclusa, não entende nada sobre desejo, e com isso acaba se assustando com a paixão mostrada por seu prometido.

Após colocarem os pingos nos is, eles decidem reatar o compromisso, mas para isso, Rhys precisa comprometer completamente Helen. Afinal, essa é a única forma de Devon dar sua permissão para  que o casamento aconteça. Helen percebe que casar com Rhys a desafiará de maneiras que ela não consegue entender - ele é o dono da maior loja de departamentos da Inglaterra e sua forma de ver o mundo é muito diferente da dela - mas esse futuro desconhecido é emocionante e cheio de possibilidades. Algo que é completamente diferente do que ela sempre achou que seria seu futuro. 

Helen sempre imaginou que se casaria com um nobre sem graça e reservado, alguém que sua família aprovaria. Rhys não é esse homem. Ele é de uma família galesa e de classe trabalhadora,um homem que tudo o que possui veio de seu próprio suor, um homem que quebra mais regras do que as segue. Rhys valoriza a sua fortuna com o fervor de alguém que já foi miseravelmente pobre e, além de Helen, ele nunca precisou de ninguém. Como ele mesmo diz em uma das muitas passagens românticas do livro, quando ele está com Helen, ele é, pela primeira vez, completo. 

Helen e Rhys são fantásticos juntos - não há uma cena que eles compartilhem que não seja essencial para a sua história de amor. Cada palavra, cada toque que trocam serve para aumentar o amor existente entre eles. Suas cenas de amor não são apenas eróticas, são íntimas. Os dois compartilham tudo, corpo, coração e mente. O "viveram felizes para sempre" parece inevitável, não porque se trata de um livro de romance, mas porque eles pertencem um ao outro.

Kleypas cria um contexto vívido para seus amantes. A loja de Rhys, a Winterborne's, é exibida de maneira intricada. Ela nos mostra não apenas os confortos da época - como as bugigangas de última geração que Rhys vende -, mas seus flagelos e mazelas - os cortiços, os orfanatos e os esgotos a céu aberto. Lisa Kleypas torna Rhys um empresário com padrões reformistas e Helen uma aristocrata como os mesmos objetivos. Rhys é um homem pragmático para quem o sucesso de seus negócios é ligado a suas escolhas comerciais progressistas. Ele contrata mulheres quando elas são as melhores pessoas para o trabalho. Ele também se preocupa com a saúde e bem-estar de seus funcionários, em grande parte porque isso os torna mais produtivos. 

O mundo de Rhys é a Winterborne's; o de Helen é a sua família. Os Ravenels são um grupo intrigante, especialmente suas irmãs gêmeas, Cassandra e Pandora. Esse livro está repleto de personagens femininas fortes. Gostei especialmente da Dra. Garret Gibson, uma médica extremamente confiante que Rhys emprega. Estou bem empolgada para o seu livro. 

Uma Noiva para Winterborne tem tudo o que eu mais gosto nos livros de Lisa Kleypas: ótimos personagens secundários, uma história de amor convincente, uma mocinha que sabe o que quer, cenas maravilhosamente tórridas e aquela sensação de quentinho no coração que os melhores livros de romance nos deixam.

7 comentários:

  1. Eu não conhecia essa série, mas gostei muito enredo e como essa série parece ser muito interessante eu adoraria ler.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Toda vez que leio uma resenha de algum livro da Lisa eu me pergunto porque não li mais coisas dela. Me pergunto isso porque como você resumiu na resenha, esse livro por exemplo, tem tudo o que eu mais gosto em romances de época e eu sei que vou encontra risso na maioria dos livros dela. Enfim, preciso ler mais coisas desta autora tão amada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Eu adoro os livros da Lisa, mas por bobeira minha acabei acumulando os livros dela, inclusive dessa série. E toda resenha que leio eu me pergunto o porque ainda não li. Eu já tenho essa série na minha estante, e lendo sua resenha vou correndo ler, até porque o quinto será lançado esse ano ainda.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Não li nada da escritora, mas pela resenha, nota-se que essa história parece ser surpreendente, com um enredo intenso e repleto de emoções. Excelente dica para os adoradores de um bom romance.

    ResponderExcluir
  5. Oi! Eu ADORO a escrita da Lisa, gostei bastante desse livro e achei o casal bem fofinho, esperava alguns acontecimentos, mas me surpreendi com outros.
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Oi, Jéssica!
    Eu ainda não li nada do gênero (romance histórico), mas já li muitas críticas positivas sobre os seus livros.
    Como não é um estilo que me atrai muito, talvez eu comece com os livros da Julia Quinn, pois acho que há mais chances de gostar mais.
    Outra coisa que me afasta um pouco são os números de livros que cada autora publica. São muitos, rsrs, e ultimamente estou fugindo de séries muito longas.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2019/08/resenha-atrasada-volto-semana-que-vem_29.html

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Ah só de ler sua resenha eu já fiquei com saudade desse livro. Ele é o meu favorito da série até agora (mas eu não li o quarto) e eu me encantei completamente com esse casal. Como você disse, cada diálogo entre eles é fundamental para o crescimento do amor deles. Fiquei realmente encantada com essa história e fiquei muito feliz por você também ter gostado tanto da leitura.
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Caixa de Busca



Estudante de letras. 28 anos. Bookaholic assumida. Apaixonada por um bom romance. E maluca dos signos.

Categorias

Seguidores

Facebook

Receba as novidades por e-mail

últimas resenhas

Destaque

Onde Mora o Amor - Jill Mansell

Arquivos

Posts Populares

Publicidade

Tecnologia do Blogger.