Onde Mora o Amor - Jill Mansell

Título original: Dont't Wan't to Miss a Thing
Autor: Jill Mansell
Editora: Arqueiro
Páginas: 384
Adicione: Skoob
Cotação: ★★★★☆
Jill Mansell já vendeu mais de 10 milhões de exemplares no mundo.
Dexter Yates adora sua vida despreocupada em Londres. Além de lindo e rico, mora em um apartamento chique e está sempre acompanhado de belas mulheres. Mas tudo se transforma da noite para o dia quando a irmã morre, deixando a pequena Delphi, de apenas oito meses.
Sem a menor ideia de como cuidar sozinho de um bebê, ele resolve se afastar da correria da cidade grande e se muda para sua casa em Briarwood.
Dex não está acostumado ao ambiente intimista do vilarejo, em que todo mundo se conhece e todas as histórias se entrelaçam. Os moradores o recebem de braços abertos, sobretudo sua vizinha de porta, a talentosa quadrinista Molly, que se oferece para ajudar com Delphi. Ela tem um passado amoroso catastrófico e muita cautela, mas nasce entre os dois uma inegável conexão.
Se Dex vai conseguir se adaptar a essa nova vida e encontrar o amor de verdade, ele primeiro terá muito a aprender: sobre Molly, sobre Delphi, sobre os segredos dos outros e, principalmente, sobre si mesmo.



Onde Mora o Amor, de Jill Mansell, é um chick-lit muito fofo. Aqui nos somos apresentados a Briarwood, uma cidadezinha pacata, com seus moradores pacatos e simpáticos. Bem, pelo menos simpáticos com aqueles que são moradores, pois aqueles que compram suas casas somente para o fim de semana não são bem-vindos. E esse último é justamente o caso de Dex Yates.

Dex é um solteirão convicto, ele não consegue ficar com uma mesma mulher por muito tempo. A única mulher que tem um espaço reservado em seu coração é Laura, a sua irmã. Vivendo uma vida agitada na cidade grande, Dex decide que seria bom ter um refugio para onde fugir aos finais de semana. E é aí que ele acaba se apaixonando por um chalé em Briarwood.

Mesmo não recebendo a melhor recepção na cidadezinha, Dex decide que é lá que ele vai construir seu refugio. Só que ele não sabia que o destino tinha outros planos para ele e Briarwood. Após 8 meses da compra de seu chalé, Laura vem a falecer deixando, Delphi, sua bebê e sobrinha de Dex, sem ninguém mais no mundo além de seu tio boa-vida.

Dex não está nenhum pouco preparado para receber um bebê em sua vida, mesmo um bebê que significa tudo para ele. Mas como era o que sua irmã queria, Dex acaba por aceitar Delphi permanentemente em sua vida e se muda para Briarwood. Tendo feito poucas visitas ao seu chalé, Dex não conhece muitas pessoas, mas sabe que pode contar com sua vizinha de cerca, Molly.

Molly é uma cartonista e professora de artes em suas horas vagas, ultimamente ela não tem tido muita sorte com o sexo oposto, para dizer o mínimo. Seu último relacionamento com um fã inveterado de rugby, não deu muito certo. Por isso ela sabe, quando vê Dex pela primeira vez, que ele não é um possível pretendente. Ele, com seu carro esportivo e suas roupas de grife, de longe grita que não é fã de relacionamentos sérios. 

Por isso quando Dex se muda para seu chalé, com a pequena Delphi em seus braços, Molly sabe que o relacionamento deles tem que ser mantido no campo da amizade, pois não será ele que sairá com o coração ferido após o término do romance. Porque conhecendo Dex, ela sabe que vai ter um término.

Onde Mora o Amor é um romance leve, divertido e com uma boa dose de humor. A escrita de Jill Mansell é fluida e gostosa de acompanhar. Os personagens são cativantes e fazem o leitor ficar ávido para saber o que irá acontecer a seguir. Esse é um daqueles livros que você nem percebe o tempo passar, quando vê, já está na última folha.

Os pontos negativos e que fizeram eu  dar apenas 4 estrelas para um livro que, como podem ver, eu gostei, é o fato de ter muitas histórias paralelas. Eu não estou acostumada com livros assim, até porque os romances que leio sempre trazem um enfoque muito grande em cima dos personagens principais e com isso temos uma ideia bem ampla sobre eles, algo que senti falta aqui. A autora traz em sua narrativa mais quatro histórias dentro de um mesmo contexto. 

Eu senti que faltou Jill Mansell falar mais sobre Dex e Molly. O livro quase todo eles passam separados e vivendo romances com outras pessoas e isso foi meio anticlimático. Eu esperava que a história falasse mais sobre os dois. Eu queria mais romance, mas acredito que isso não tenha sido culpa do livro, mas sim de minhas expectativas.

Para quem gosta de livros divertidos, com uma boa narrativa e personagens cativantes, Onde Mora o Amor é uma ótima pedida. 

22 comentários:

  1. OI, Jéssica
    Quando escuto um romance, eu também quero ver o foco no casal, mas estou curiosa para saber como a autora desenvolveu a obra. Ainda não li nada dela, mas parece ser bem interessante.
    Beijo!
    Capítulo Treze
    INSCREVA-SE NO CANAL
    Sorteio de Todas as pequenas luzes
    Sorteio de aniversário dos blogs O que tem na nossa estante e Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miriã.
      Procure ler sim, tenho certeza que não vai se arrepender.

      Beijos.

      Excluir
  2. Olá...
    Adorei a sua resenha!
    Esse livro está na minha lista de desejados e estou simplesmente loooooouca pra ler! Seus comentários a respeito me fizeram desejar a leitura ainda mais... A Arqueiro vem trazendo romances maravilhosos e estão quase me levando a falência kkkk... Jill Mansell parece ser uma autora fantástica!

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daiane!
      Realmente, é uma ótima leitura. Eu também ão tinha lido nada da Jill Mansell ainda, mas depois dessa experiência estou a cata de outros livros dela para ler.

      Beijos.

      Excluir
  3. Olá
    Adorei sua resenha. Também prefiro quando a autora da um enfoque maior no casal principal mas me interessei muito nessa história após ler seu post. Quero ler para ver como ela montou esse casal
    Beijos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thayná.
      Leia mesmo, apesar de minhas ressalvas esse é um ótimo livro. Acredito que para quem gosta de romances, vai gostar muito de Onde Mora o Amor.

      Beijos.

      Excluir
  4. Oi Jessica, tudo bem?

    Eu adorei o enredo, é um tipo de livro que eu gosto de ler, acho que vou gostar também!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, espero que você goste, pq é uma ótima leitura.

      Beijos.

      Excluir
  5. Só pelo nome já me parece uma história gostosa de ler! Eu adorei a proposta do livro e a sua resenha, fiquei na vontade aqui. Vou colocar na minha lista <3

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna.
      Coloque mesmo em sua lista, tenho certeza que não irá se arrepender.

      Beijos.

      Excluir
  6. Olá! Adoro chick-lits e achei super fofa essa capa, bem condizente como livros desse tipo. Conheço a autora apenas pelo "Dizem por aí", mas pelo visto a escrita dessa história é bem fluida e interessante. Adorei o enredo envolvendo drama, já que temos o destino atuando, morte e um bebê que cai de paraquedas na vida de um tio. Se o livro é bem humorado, com certeza vai me conquistar. Valeu a dica, vou incluir o livro em minha listinha. Beijos! Karla Samira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karla.
      Eu ainda não li Dizem Por Aí, mas já vi algumas resenhas sobre ele e de certa forma até que o enredo é meio parecido com Onde Mora o Amor, pois nos dois casos os personagens se mudam para o interior para tentar uma nova vida.

      Beijos.

      Excluir
  7. Olá, Jéssica.

    Eu acho que pode ser interessante essa mistura de histórias, se autora tiver desenvolvido bem cada uma delas, é claro.
    Apesar de parecer ser aquele super clichê, fiquei curiosa para da saber como ele irá se sair como pai e como será esse romance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana.
      Sim, a autora consegue desenvolver bem as histórias paralelas. A sensação que tive foi a de estar assistindo a uma novela,onde temos mudanças de cenários e personagens.

      Beijos.

      Excluir
  8. Eu acho essas capas tão, tão lindas! Suspiros...

    É uma história clichê, mas daquele tipo delicioso, né? Fiquei com vontade de ler, pois me lembrou as histórias dos romances de banca antigos e dos quais sinto tanta saudade. Só fiquei com um pé atrás pelos pontos negativos que você mencionou. Eu não me importo que um livro tenha histórias paralelas, mas tem que se concentrar mais nos protagonistas, claro. E pelo que entendi o casal praticamente quase não está junto na história, e isso é decepcionante.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem? Gente essa coleção da Arqueiro está simplesmente incrível! E o nome? Romances de hoje? Combina bem com as histórias. As edições são bem fofinhas, essa em especial é uma das minhas preferidas. Quanto a história só por ser ambientada na Inglaterra já fiquei curiosa para ler. Imagino como a vida dele deve ter mudado após essa notícia. Quem sabe cuidar de um bebê que acabou de conhecer? Hilário! Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  10. Olá Jéssica! Ainda não li nenhum romance dessa nova coleção da arqueiro, mas a cada nova resenha que leio, o desejo de mudar isto aumenta consideravelmente. Fiquei encantada com o enredo desses personagens, parece realmente ser uma história bem gostosinha de ler. Acredito que assim como você, também sentirei falta de um foco maior no casal protagonista, isso porque também estou acostumada com histórias, onde os protagonistas estão sempre sob os holofotes e amo muito isso.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Oi Jessica!
    Eu adoro romances clichês e chick-lit, parece ser um enredo interessante, como você ressaltou que faltou, que a autora deixou um pouco a desejar em falar mais sobre os personagens principais vou ficar atenta a esses detalhes. Parabéns pela resenha e sua sinceridade, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  12. Oi, ainda não conhecia essa obra mas amei saber um pouquinho sobre a história desse livro pelo seu post. Deve ter sido interessante ver como esse casal vai se acertar. Talvez por ele ser mais voltado para o chick-lit do que para o romance tenha acontecido isso de o casal passar menos tempo junto, falo isso pelo fato de eu ter lido um livro há algum tempo jurando que seria um chick-lit e era mais um romance, acabei me decepcionando. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Gostei da premissa, da sua resenha e super entendo a sua ressalva, livros de romance que não focam no casal ou aqueles que só acontece qualquer coisa no final do livro me deixa muito frustada, acho que histórias com essa pegada fiquem melhores em filmes. Porém AMO temas com bebês e como a vida do protagonista muda, por isso, estou anotando a sua dica, espero ler em breve.

    beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?

    Confesso que não conhecia o livro e de cara me chamou atenção essa capa, ficou bem bonita. Outro aspecto positivo é a premissa, pois parece ser uma leitura bem interessante e deve ter sido legal acompanhar o casal, como eles se acertaram!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    A começar pelas capas, essa nova coleção da Arqueiro né atraí muito, pois adoro chick-lits, clichês e muito romance. Saber que tem um bebezinho nessa história me deixou ainda mais empolgada para a leitura, porque amo histórias envolvendo crianças, são muito apelativas para mim. Com certeza, farei essa leitura, é apenas questão de tempo.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Caixa de Busca



Estudante de letras. 28 anos. Bookaholic assumida. Apaixonada por um bom romance. E maluca dos signos.

Categorias

Seguidores

Facebook

Receba as novidades por e-mail

últimas resenhas

Destaque

05 Motivos para Assistir Good Girls

Arquivos

Posts Populares

Publicidade

Tecnologia do Blogger.