Te Devo Uma - Sophie Kinsella

Título original: I Owe You One
Autor: Sophie Kinsella
Editora: Record
Páginas: 420
Adicione: Skoob
Cotação: ★★★☆☆
Uma história de amor, empoderamento e de um simples favor que faz tudo mudar para sempre.
Fixie Farr não consegue deixar nada pra lá. Se encontra alguma coisa fora do lugar, quer logo ajeitar, se um amigo está em dificuldade, já começa a pensar em como pode ajudar… Ela sente necessidade de arrumar tudo. Tudo!
Então, quando um estranho em um café lhe pede que fique de olho em seu laptop por um instante, ela não só se compromete a tomar conta do computador como acaba salvando-o de um grande desastre. Sebastian, muito tocado com o gesto de Fixie, não sabe como lhe agradecer, então pega um protetor de copo e o entrega a ela depois de escrever nele: “Te devo uma”. Fixie acha a atitude muito fofa, mas duvida que voltará a vê-lo.
Até o dia em que um antigo crush da época da escola volta para sua vida e Fixie precisa ajudá-lo. Ela então recorre a Seb, mas as coisas não dão muito certo. Agora é ela quem fica lhe devendo um enorme favor, e isso gera uma troca de favores infinita que obriga Fixie a enfrentar um passado que cheio de mágoas para abraçar o futuro que ela de fato merece.


Fawn Farr, de 27 anos, é conhecida como "Fixie" porque, quando encontra problemas, não consegue parar de tentar consertá-los. Ela trabalha em sua loja de família - uma loja de utensílios domésticos em Acton (subúrbio de Londres) chamada Farr's, iniciada por seu falecido pai. Ela e a mãe fazem a maior parte do trabalho: “Mamãe administra a família, a casa, os negócios. . . basicamente tudo. Ela é nossa CEO."

Fixie tem dois irmãos, sendo eles Jake, um pretensioso e desagradável de marca maior, e a linda e extremamente volúvel, Nicole. Eles deveriam ajudar Fixie e sua mãe na loja, mas adivinhem? Não ajudam. Jake está sempre em "reuniões" com pessoas "chiques", e Nicole está ocupada com a ioga e "auto-aperfeiçoamento". E sendo assim, Fixie se sente uma fracassada total comparada com eles, - principalmente pelos comentários pejorativos de Jake.

Mas ela sempre os defende:

"Lealdade à família é uma coisa muito importante na minha vida. Talvez a mais importante. Algumas pessoas dizem que ouvem Jesus Cristo os guiando; eu ouço meu pai, antes de morrer, dizendo com sotaque do East End: família é tudo, Fixie. Família é o que nos move. Família é tudo."

Um dia em uma cafeteria, Fixie salva o notebook de um cara quando o teto desaba, jogando água por cima de tudo. Ela descobre que ele é Sabastian "Seb" Marlowe, CEO de uma empresa de investimentos, e ele diz que lhe deve uma,  e escreve isso em um protetor de copo. Ela não tem intenção alguma de cobrar esse favor, mas então surge uma situação que ela precisa "consertar".

Ryan Chalker, por quem Fixie sempre teve uma quedinha, é o amigo e ex-colega do ensino médio de Jake. Foi com Ryan que Jake aprendeu a ser esnobe e a querer sempre ser o melhor em tudo, mesmo que ele não seja. Então por isso aí já podemos deduzir que Ryan é um bastardo egocêntrico de primeira. Mas claro, Fixie não vê isso. Para ela, ele é apenas um pobre menino rico, ou no caso, ex-rico, injustiçado. Bom, mas o caso é que Ryan, assim que terminou o ensino médio, partiu para Los Angeles para tentar a vida no cinema. Afinal, ele tinha a aparência e a grana necessária para isso. Só que as coisas não foram tão bem como ele esperava, e agora ele está de volta e precisa de um emprego.

Comovida com a história de Ryan, afinal ele disse que todos que ele conheceu em Los Angeles eram canalhas e acabaram se aproveitando de sua boa vontade, acabando por passar ele para trás. Fixie resolve que ela precisa consertar essa situação, só não sabe como. Até que ela lembra do "Te devo uma", ela sabe que não deveria cobrar um favor, mas Sebastian disse que ajudaria no que ela precisasse, e agora o que ela precisa é fazer com que Ryan Chalker fique na cidade e, de preferência, com ela.

Fixie, então procura Seb e pergunta se ele poderia arrumar um emprego para Ryan. Afinal, ele deve uma para ela. Muito relutante, Seb acaba por concordar. E Fixie  fica em êxtase: agora Ryan irá perceber que é louco por ela.

Enquanto isso, a matriarca da Farr's é hospitalizada com problemas cardíacos, tendo que ser afastada de suas funções. Por isso, Karen, tia de Fixie, resolve levá-la para sua casa na Espanha, deixando a Farr's nas mãos de Jake, Nicole e Fixie. Jake resolve se empenhar para conseguir  representantes mais "chiques", já Nicole em ser o "rosto" da Farr's no Instagram, e Fixie, bom, Fixie faz o que de melhor ela sabe fazer, consertar tudo.

Mais uma vez Sophie Kinsella escreve com o coração e com muito humor, destacando os relacionamentos familiares e românticos frequentemente com efeito cômico. Nesse livro, no entanto, alguns dos personagens eram tão terríveis, que não tinha como simpatizar com eles. Sem falar que Fixie era um eterno capacho, foi muito difícil engolir essa lealdade familiar que a personagem tanto exalta. Teve muitos momentos que tudo o que eu queria era dar um sacode em Fixie, e um soco em cada um de seus irmãos.

Mesmo com todas essas ressalvas, acredito que é uma boa leitura, principalmente por se tratar de Sophie Kinsella, uma mulher que tem uma escrita deliciosa e que consegue arrancar vários risos espontâneos de seus leitores.


3 comentários:

  1. Olá! Adorei a sua resenha e esse é realmente o tipo de livro que eu curto. Fiquei super curiosa pela leitura, não só pelo romance, mas pelo humor que a autora coloca na história. Gosto muito quando um livro relata questões familiares, sobretudo os dramas que espero estarem presentes no livro. Já vai agora mesmo para a lista de leitura. Beijos! Karla Samira

    ResponderExcluir
  2. Olá...
    Eu sou muito fã da autora, mas, ainda não tive a oportunidade de ler esse. Ao ler sua resenha dá pra perceber que é uma leitura bem divertida, bem despretenciosa e eu amo tudo isso!
    Acho que também vou ter as mesmas ressalvas que você, pois, personagens assim me irritam, porém, vou dar uma chance ao livro, pois é da Diva Kinsella, né?

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jéssica.
    Eu sempre amei os livros da autora, mas já faz tempo que não leio nada dela.
    Acho que essa história tem tudo para me cativar! Adoro quando sinto essa vontade de entrar no livro e dar uma chacoalhada nas protagonistas... É sinal que o livro está me convencendo, mesmo que seja para eu passar raiva!! kkkkkk
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Caixa de Busca



Estudante de letras. 28 anos. Bookaholic assumida. Apaixonada por um bom romance. E maluca dos signos.

Categorias

Seguidores

Facebook

Receba as novidades por e-mail

últimas resenhas

Destaque

Te Devo Uma - Sophie Kinsella

Posts Populares

Publicidade

Tecnologia do Blogger.